Após empate no clássico, Bolívar diz: 'A sorte está mudando para o Botafogo'

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Zagueiro acredita que resultado por 1 a 1 com o Fluminense pode mudar o ambiente do clube e ajudar a se recuperar no Campeonato Brasileiro

Gazeta Press
Bolívar acredita que empate no clássico melhora o astral dentro do clube

O Botafogo vinha de três derrotas consecutivas até a última quarta-feira, quando empatou por 1 a 1 com o Fluminense, no Maracanã, em clássico marcado pelo equilíbrio. Mais do que interromper a série negativa, a equipe parece ter mudado o astral. Na visão do zagueiro Bolívar, a boa atuação pode representar novo clima no ambiente do clube. 

Deixe seu recado e comente com os outros leitores

"Acredito que a sorte está mudando para o Botafogo. O meu gol foi um sinal disso, já que a bola bateu em mim e entrou. Antes, nos jogos anteriores, a gente não vinha conseguindo fazer gols mesmo quando tudo estava fácil. Portanto, acredito que podemos ter dias melhores", analisou o defensor. 

Passado o empate com o Fluminense, o Botafogo já projeta o duelo deste sábado, contra o Grêmio, às 18h30 (de Brasília), no Maracanã. Para este compromisso Oswaldo de Oliveira vai ter problemas para montar a defesa, pois o lateral direito Edilson, o zagueiro Bolívar e o volante Gabriel foram advertidos com o terceiro cartão amarelo e terão que cumprir suspensão.

Para a lateral o escolhido será Gilberto, que entrou no decorrer do clássico com o Tricolor. Na zaga, Dankler vai compor o setor com Dória. O ex-defensor do Vitória atuou no empate por 1 a 1 com o Flamengo pela Copa do Brasil e ganhou muitos elogios da comissão técnica.

A escalação ainda não está definida, porque a dúvida está no substituto de Gabriel. Renato, que está se recuperando bem de uma lesão na coxa esquerda, é o mais cotado. Porém, caso não reúna condições de atuar, a tendência é que Lucas Zen seja o escolhido. O meia Hyuri, que cumpriu suspensão diante do Fluminense, deverá reaparecer na vaga de Henrique, com Rafael Marques voltando a atuar no ataque.

Como a quinta-feira foi de apenas trabalhos regenerativos, a definição da equipe deverá acontecer no trabalho tático previsto para a manhã desta sexta-feira, no Engenhão. Com 43 pontos conquistados, o Botafogo viu o Cruzeiro abrir 13 de vantagem na liderança e a disputa pelo título passou a ficar bem distante.

Leia tudo sobre: BolívarBotafogoBrasileirão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas