Presidente pede para Botafogo não desanimar na briga pela Libertadores

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Maurício Assumpção reforçou a confiança no elenco, mesmo após três derrotas consecutivas, e dividiu a responsabilidade do elenco com o departamento de futebol

Vitor Silva/SSPress
Oswaldo de Oliveira conversou com o presidente e ouvir que Libertadores é prioridade

O Botafogo perdeu seus três últimos jogos no Campeonato Brasileiro e, estacionado nos 42 pontos, viu o Cruzeiro abrir 11 de vantagem, disparar na liderança. A decadência na competição está deixando os jogadores abatidos, mas o presidente Maurício Assumpção fez questão de aparecer e dizer que a prioridade é a vaga  na Copa Libertadores e também assumir "a culpa". 

Deixe o seu recado e comente com os outros leitores

"Precisamos de uma solução para ontem. O Botafogo não pode sempre cair de produção em setembro. Isso já aconteceu em outros anos, quando era uma outra comissão técnica, outros jogadores, portanto, não tem muito a ver com isso. Cabe ao departamento de futebol identificar a situação, pois não é algo mais surpreendente. Precisamos voltar rapidamente o foco nesta temporada, pois o Botafogo ainda tem muitas metas pela frente", disse Assumpção. 

"É normal que irregularidades aconteçam ao longo do Campeonato Brasileiro, pois estamos falando de uma competição muito longa, desgastante, mas não é possível que isso seja sempre no mesmo momento", completou o cartola.

Confira a tabela de classificação do Brasileirão

O dirigente reconheceu que a conquista de uma vaga na próxima Libertadores é algo estratégico para o clube beste ano e também com grande interferência para a próxima temporada. "Não dá para negar que a classificação é algo muito importante sim, pois envolve questões maiores, como receita, e interfere na formação do elenco. Muitas vezes os jogadores voltam ao Brasil por conta da Libertadores. Ano que vem também teremos a Copa do Mundo, algo que ajuda bastante aos clubes brasileiros em termos de vitrine. Estamos trabalhando pensando sim no elenco para o próximo ano, inclusive priorizando a permanência daqueles jogadores que queremos muito que fiquem no clube. Os que desejam disputar a próxima Copa do Mundo sabem da necessidade de permanecerem no país pelo menos até o Mundial", disse. 

O elenco se reapresentou nesta segunda-feira e começou a preparação para o clássico com o Fluminense, nesta quarta-feira, às 21h (de Brasília), no Maracanã, pela 25ª rodada. O lateral-esquerdo Júlio César, preservado contra a Ponte Preta, reaparece na vaga de Lima. Desfalque certo é o meia Hyuri, que recebeu o terceiro cartão amarelo contra a Macaca e terá que cumprir suspensão. A tendência é que Alex entre no ataque e Rafael Marques seja recuado para ajudar na criação de jogadas no meio campo.

Leia tudo sobre: BotafogoMaurício AssumpçãoBrasileirão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas