Oswaldo considera instabilidade normal e descarta falta de confiança

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Técnico do Botafogo tem o desafio de recuperar a competitividade da equipe na reta final do Brasileirão

Vitor Silva/SSPress
Oswaldo de Oliveira comanda o Botafogo diante da Ponte Preta

A má fase do Botafogo na temporada não tira a calma do técnico Oswaldo de Oliveira. Depois da derrota por 1 a 0 para a Ponte Preta, no Maracanã, na noite de sábado, o treinador reconheceu a instabilidade da equipe, mas considera o atual momento natural neste Campeonato Brasileiro.

Comente esta notícia com outros torcedores

"Era muito difícil se manter jogando e vencendo como o Botafogo vinha fazendo, mas temos tranquilidade agora para superar isso. Queremos retomar na equipe aquela forma mais competitiva, para não repetir o que aconteceu hoje (domingo) no Maracanã", avaliou.

O treinador acha que qualquer clube pode atravessar fases mais difíceis no Nacional. "Estamos passando por um momento de dificuldade comum a todas as equipes do campeonato e vamos procurar superar nos próximos jogos, para voltarmos a vencer".

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

O Botafogo amarga agora uma sequência de três derrotas no Brasileirão (Cruzeiro, Bahia e Ponte Preta) e pode até perder a vice-liderança do campeonato neste domingo. Diante da equipe de Campinas, o time pouco ameaçou a meta visitante, mas o técnico não detectou falta de confiança.

"Não passa pela confiança, é mais pela forma como o adversário jogou. O Jefferson não fez defesa, porque eles não conseguiram chegar à nossa área. Esta era a estratégia deles, e buscamos de toda maneira. Tentamos a bola alta, cruzada, e o goleiro da Ponte trabalhou bastante", completou.

Leia tudo sobre: botafogooswaldo de oliveirabrasileirao

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas