"Quem veio ao estádio viu um time de futebol. Nós estávamos conseguindo resultados, mas jogando mais para o gasto", disse o treinador

A derrota por 1 a 0 para o Grêmio , neste domingo, recolocou o São Paulo em uma situação complicada no Campeonato Brasileiro, apenas uma posição acima da zona de rebaixamento. Porém, o técnico Muricy Ramalho defende que a atuação de sua equipe no Morumbi serve de estímulo para uma reação no Nacional.

Leia mais: Ceni cobra pênalti e Kleber expulso: "Árbitro não teve coragem de assumir erro"

"Quem veio ao estádio viu um time de futebol. Nós estávamos conseguindo resultados, mas jogando mais para o gasto. Hoje (domingo), nosso time estava bem armado, sem sofrer, quase sem chegar bola ao Rogério, dominando o Grêmio. Isso dá esperança, porque voltamos a jogar bem. Mas são coisas do futebol, sofremos o gol em um cruzamento", afirmou.

O São Paulo criou várias oportunidades, mas desperdiçou todas, diante de boa atuação do goleiro Dida. Com isso, a equipe permanece com 27 pontos, no 16º lugar, ainda com risco de rebaixamento.

Muricy Ramalho voltou ao Tricolor na vitória sobre a Ponte Preta e, em seguida, derrotou também Vasco e Atlético-MG, mas ainda não estava satisfeito com o desempenho do time. A derrota por 1 a 0 para o Goiás, na rodada passada, frustrou ainda mais o treinador, que só se reanimou com o desempenho nesta derrota para o Grêmio.

"O ruim é quando você perde um jogo como foi contra o Goiás, porque não demos um chute ao gol dos caras. Claro que não ficamos felizes com o resultado de hoje (domingo), mas tem coisa no futebol que não dá para explicar", acrescentou.

Na briga para se distanciar da parte de baixo da classificação, o São Paulo voltará a campo na noite de quarta-feira, no clássico contra o Santos, na Vila Belmiro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.