Kleber nega pênalti e diz que colocou braço na bola por 'proteção'

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Lance envolvendo o atacante do Grêmio gerou reclamação dos jogadores do São Paulo com a arbitragem no Morumbi

O atacante Kleber foi o protagonista do lance mais polêmico da vitória do Grêmio sobre o São Paulo. Aos 20 minutos do segundo tempo, ele tocou com o braço da bola quando estava na barreira de uma falta batida por Rogério Ceni. Os jogadores paulistas pediram pênalti, mas não foram atendidos pelo árbitro Heber Roberto Lopes, que teria dito a Ceni que a bola bateu na cabeça de Kleber.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Kleber admitiu que a bola bateu em seu braço, e justificou o toque como medida de proteção. "A bola bateu mesmo no meu braço, mas ele estava na frente do rosto. Já quebrei o nariz em um lance parecido quando jogava na Ucrânia. Se eu não ponho o braço na frente poderia quebrar de novo. A bola bateu sim no meu braço, mas não foi pênalti, pois não estava para cima", defendeu-se.

Veja imagens dos jogos desta rodada do Brasileirão

Luis Fabiano divide a bola com Dida em ataque do São Paulo. Foto: Wagner Carmo/Inovafoto/Gazeta PressVargas perde o equilíbrio em disputa com Osvaldo. Foto: Marcos Bezerra/Futura PressVargas comemora gol que decretou a vitória do Grêmio sobre o São Paulo no Morumbi. Foto: FERNANDO DANTAS / Gazeta PressManoel domina a bola pelo Atlético-PR observado por Dinei, do Vitória. Foto: Giuliano Gomes/Gazeta PressWilliam Henrique comemora gol do Vitória. Foto: Giuliano Gomes/Gazeta PressWillian comemora gol da vitória do Cruzeiro. Foto: VINÍCIUS COSTA/Preview.com/Gazeta PressOtávio, do Internacional, persegue Egídio em ataque do Cruzeiro. Foto: Itamar Aguiar/Futura PressMarcos Rocha festeja com a torcida após marcar gol do Atlético-MG sobre o Santos. Foto: Yuri Edmundo/Gazeta PressArouca aposta corrida com Leonardo Silva em ataque do Atlético-MG. Foto: Paulo Fonseca/Futura PressHernane comemora diante da torcida gol do Flamengo sobre o Criciúma. Foto: Alexandre Vidal/Fla ImagemLéo Moura parte com a bola dominada em ataque do Flamengo. Foto: Alexandre Vidal/Fla ImagemWilliam Barbio se antecipa a Fagner e domina a bola pelo Bahia. Foto: FELIPE OLIVEIRA/ Agif/Gazeta PressHélder é cercado por jogadores do Vasco durante ataque do Bahia. Foto: Edson Ruiz/Gazeta PressGilberto corre para comemorar após marcar gol da Portuguesa. Foto: Moisés Palácios/Futura PressEmerson Sheik conduz a bola pelo Corinthians diante da defesa da Portuguesa. Foto: Moisés Palácios/Futura PressJogadores da Portuguesa comemoram gol de Gilberto, que marcou três vezes contra o Corinthians. Foto: Moisés Palácios/Futura PressTiago Real é marcado por Vitor Jr em ataque do Náutico. Foto: Aldo Carneiro/Futura PressOliveira, do Náutico, comemora gol durante a partida contra o Coritiba. Foto: Aldo Carneiro/Futura PressYuri, do Goiás, e Rafael Sóbis, do Fluminense, disputam a bola no Serra Dourada. Foto: Carlos Costa/Futura PressJean comemora gol do Fluminense, que venceu de virada no Serra Dourada por 2 a 1. Foto: Carlos Costa/Futura PressPonte Preta comemora o gol de Elias Ribeiro sobre o Botafogo no Maracanã. Foto: Alexandre Loureiro/Inovafoto/Gazeta PressSeedorf durante derrota do Botafogo para a Ponte Preta, no Maracanã. Foto: Vitor Silva/SSPress

Sobre a vitória do Grêmio, o camisa 30 viu a equipe jogando de forma inteligente no Morumbi. "Jogamos contra uma equipe que na nossa casa nos tirou dois pontos, e que vinha em um bom momento. Partidas assim a gente precisa encarar com inteligência, e saber aproveitar os momentos", definiu.

Com 42 pontos, o Grêmio assumiu a vice-liderança do Campeonato Brasileiro. Na próxima quarta, a equipe receberá o Atlético-PR, em um duelo direto de tabela, na Arena.

Leia tudo sobre: GrêmioBrasileirão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas