Candidatos ao prêmio de melhor do mundo são eleitos por capitães e técnicos de seleções

Ribery recebeu o prêmio de melhor jogador da Europa e deve estar entre os melhores do mundo
Claude Paris/AP
Ribery recebeu o prêmio de melhor jogador da Europa e deve estar entre os melhores do mundo

Os nomes dos três candidatos ao maior prêmio individual do futebol mundial já têm data para serem conhecidos: 2 de dezembro. Será neste dia que o mundo saberá quem são os finalistas da Bola de Ouro, premiação promovida pela Fifa e France Football. Além de Messi, atual tetracampeão da condecoração, Franck Ribery e Cristiano Ronaldo são os mais cotados para aparecerem em busca do troféu. 

Leia mais notícias do futebol internacional

A primeira lista, que contará com 23 jogadores, será divulgada no dia 29 de outubro. Em 2 de dezembro, porém, haverá um corte após os votos dos capitães e treinadores de seleções e restarão apenas três candidatos ao prêmio de melhor jogador do mundo. Então, o nome do eleito será anunciado no dia 13 de janeiro, em evento realizado pela Fifa, em Zurique, na Suíça. Neste mesmo dia, também haverá o anúncio do melhor treinador, da melhor jogadora e do gol mais bonito do ano.

Veja fotos da última premiação da Bola de Ouro


Segundo informações do jornal espanhol Mundo Deportivo , a FIFA pediu à France Football para que aumentasse o número de membros do júri a fim de igualar a quantidade de capitães e treinadores (um por federação filiada à FIFA). Assim, o total de votantes subirá para 627, sendo 209 técnicos, 209 jogadores e 209 jornalistas. Cada um deles fornecerá um ranking com os que considerarem os três melhores jogadores do ano.

Os grandes favoritos ao prêmio são Lionel Messi, Cristiano Ronaldo e Franck Ribery. O primeiro é o atual tetracampeão da premiação e tem, a seu favor, o alto número de gols marcados no primeiro semestre deste ano. O segundo vem alcançando marcas históricas no Real Madrid - tornou-se recentemente o quinto maior artilheiro da história do clube - e foi o último campeão antes da ‘hegemonia’ de Messi.

Pesa contra ambos, porém, o fato de terem sido eliminado nas semifinais da Liga dos Campeões da Europa da última temporada. O Real Madrid caíram para o Borussia Dortmund, enquanto os catalães sucumbiram diante do Bayern de Munique. E aí que entra a força de Ribery. O francês foi um dos principais jogadores da equipe bávara campeã da tríplice coroa na última temporada e foi eleito o melhor jogador da Europa. Neymar, Oscar e outros brasileiros campeões da Copa das Confederações correm por fora. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.