Preparador vê troca de goleiros como fator prejudicial ao Vasco

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Após falhas e pressão da torcida, Diogo Silva foi sacado da equipe titular e substituído por Michel Alves. No entanto, o goleiro também tem sofrido com as más atuações

Divulgação
Michel Alves assumiu a posição de Diogo Silva

O Vasco chegou a quinta derrota seguida ao perder para o Goiás por 2 a 1 pela partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Mesmo saindo à frente no placar, a equipe sofreu a virada após falhas de Cris e do goleiro Michel Alves, que foi defendido pelo técnico Dorival Júnior.

Deixe o seu recado e comente com os outros leitores

Segundo o preparador de goleiros Carlos Germano, a comissão técnica espera um goleiro como titular até o fim da temporada e vê as mudanças como prejudiciais para o desempenho dos atletas do setor.

Confira a classificação do Brasileirão

"Estamos trabalhando com o Michel Alves, Diogo Silva e Alessandro. As mudanças neste setor são ruins para os jogadores e a equipe. O Michel Alves é o titular e vamos trabalhar para ele seguir assim até o fim do ano. Vemos sofrendo com falhas individuais, não só dos goleiros, e isso vem nos prejudicando neste momento. Precisamos de tranquilidade para voltar ao rumo das vitórias", disse.

Na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, o Vasco volta a campo neste domingo, contra o Bahia, na Fonte Nova. 

Leia tudo sobre: VascoBrasileirão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas