Em casa, Paysandu surpreende e derrota a Chapecoense por 2 a 1

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Time do Pará acaba com série de três rodadas sem vencer na Série B e impõe segunda derrota seguida do vice-líder

Em duelo de times que vivem momentos distintos na Série B do Campeonato Brasileiro, o Paysandu recebeu a vice-líder Chapecoense, no estádio da Curuzu, e jogando dentro de casa, o time paraense não deu chances para o rival e venceu pelo placar de 2 a 1.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Os gols do triunfo do Papão foram marcados no primeiro tempo. Logo aos quatro minutos, Yago Pikachu abriu o placar e, dois minutos depois, Eduardo Ramos fez o segundo gol. Aos 47 da etapa final, Bruno Rangel fez o gol de honra da Chapecoense.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias da Série B

Com o resultado positivo, o Paysandu chega aos 27 pontos conquistados no campeonato, encerra uma sequência de três jogos sem vencer e dorme fora da zona de rebaixamento. Já a Chapecoense perde a segunda consecutiva, estaciona nos 46 pontos, mas continua na segunda posição da Série B.

Na próxima terça-feira, dia 1º de outubro, às 19h30 (de Brasília), o Paysandu volta a entrar em campo, desta vez para jogar contra o Guaratinguetá, fora de casa, no estádio Dario Rodrigues Leite. No mesmo horário, a Chapecoense busca a reabilitação, em casa, na Arena Condá, contra o ASA.

FICHA TÉCNICA
PAYSANDU 2 X 1 CHAPECOENSE

Local: Estádio da Curuzu, em Belém (PA)
Data: 23 de setembro de 2013, terça-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Avelar Rodrigo da Silva (CE)
Assistentes: Aelson Mariano Campelo Gomes (MA) e Nilton Pereira da Silva (RO)
Cartões amarelos: Eduardo Ramos e Yago Pikachu (Paysandu), Fabinho Gaúcho e Augusto (Chapecoense)
Cartão vermelho: Augusto (Chapecoense)

Gols
PAYSANDU:
Yago Pikachu, aos quatro, e Eduardo Ramos, aos seis minutos do primeiro tempo; CHAPECOENSE: Bruno Rangel, aos 47 minutos do segundo tempo

PAYSANDU: Paulo Rafael; Yago Pikachu, Pablo, Fábio Sanches e Alex Gaibu; Vanderson (Esdras), Zé Antônio, Djalma e Eduardo Ramos (Diego Bispo); Heliton (Aleilson) e Marcelo Nicácio
Técnico: Vágner Benazzi

CHAPECOENSE: Juliano, Fabiano, Rafael, André e Fabinho Gaúcho; Wanderson (Augusto), Paulinho Dias (Rodrigo Gral), Glaydson e Nenén (Athos); Soares e Bruno Rangel
Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Leia tudo sobre: série bpaysanduchapecoense

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas