Traído pela trave, Ceni lamenta azar em gol de falta no fim do jogo do São Paulo

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Rodrigo, zagueiro do Goiás, acertou a trave, mas a bola voltou no corpo do goleiro e entrou

Futura Press
Hugo, do Goiás, e Rodrigo Caio, do São Paulo, em disputa de bola no jogo do Serra Dourada

Rogério Ceni terminaria a partida deste domingo como o grande nome de um empate sem gols do São Paulo com o Goiás. Mas não foi assim. Aos 44 minutos do segundo tempo, após falta cobrada de longa distância, a bola acertou a trave direita e bateu nas suas costas antes de entrar.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Brasileirão

"A pancada (o chute) não foi o problema. O problema é o azar de a bola bater e voltar para dentro do gol", disse o goleiro do São Paulo, em entrevista à TV Bandeirantes, ciente de que havia feito principalmente um grande primeiro tempo, com uma série de grandes defesas.

Como no primeiro turno, o Goiás vence o São Paulo por 1 a 0, com gol de Rodrigo, que já foi jogador do clube paulista. Naquela ocasião, o zagueiro balançou a rede com cabeceio no início da partida. Desta vez, no Serra Dourada, vazou seu ex-clube em uma falta de muito longe.

O gol no final e a consequente derrota freiam a reação da equipe de Muricy Ramalho na competição nacional. Após três triunfos seguidos sob comando do treinador tricampeão brasileiro, ela permanece com 27 pontos ganhos, ainda perto da zona de rebaixamento.

O próximo compromisso do São Paulo na competição nacional será no domingo, diante do Grêmio, no Morumbi. Antes disso, na quinta-feira, o time joga em casa pela estreia nas oitavas de final da Copa Sul-americana, contra a Universidad Católica.

Confira na galeria as imagens da 23ª rodada do Campeonato Brasileiro:

Jô e Ronaldinho Gaúcho comemoram gol na vitória sobre o Vasco pela 23ª rodada do Brasileirão. Foto: Futura PressPaulo Baier marcou o gol da vitória do Atlético Paranaense sobre a Ponte Preta. Foto: CLEBER YAMAGUCHI/Agência Eleven/Gazeta PressThiago Ribeiro marcou o primeiro gol do Santos sobre o Criciúma. Foto: Guilherme Dionízio/Gazeta PressDouglas e Everton Ribeiro no encontro entre Corinthians e Cruzeiro. Foto: ALE CABRAL/Gazeta PressTite orienta o Corinthians durante partida contra o Cruzeiro. Foto: Rodrigo Coca/Agência CorinthiansCássio teve atuação destacada e evitou a derrota para o Cruzeiro. Foto: ALE CABRAL/Gazeta PressObina comemora o gol da virada do Bahia contra o Botafogo. Foto: SATIRO SODRE/Gazeta PressHugo, do Goiás, e Rodrigo Caio, do São Paulo, em disputa de bola no jogo pela 23ª rodada do Brasileirão. Foto: Futura PressRogério Ceni viu bola bater nas suas costas e entrar no gol decisivo do Goiás contra o São Paulo. Foto: Futura PressRodrigo se prepara para cobrar a falta que deu a vitória ao Goiás. Foto: Site oficial do Goiás E.C.Rogério Ceni tentou evitar, mas foi traído pela trave no gol do Goiás. Foto: Site oficial do Goiás E.C.Wanderson comemora o gol da Portuguesa contra o Inter. Foto: VINÍCIUS COSTA/Preview.com/Gazeta PressLance de Internacional e Portuguesa em Novo Hamburgo. Foto: VINÍCIUS COSTA/Preview.com/Gazeta PressElias teve a chance mais clara de dar a vitória ao Flamengo contra o Náutico. Foto: Otavio de Souza/Gazeta PressNáutico e Flamengo ficaram no 0 a 0 na Arena Pernambuco. Foto: Otávio de Souza/ Agif/Gazeta PressKadu, do Vitória, e Kleber, do Grêmio, disputam a bola no empate por 0 a 0 entre as duas equipes. Foto: Gazeta PressRafael Sóbis durante a partida contra Coritiba. Foto: Ricardo Ayres/PhotocameraBruno, do Fluminense, e Vitor Junior, do Coritiba, disputam a bola no duelo entre as duas equipes pela 23ª rodada do Brasileirão. Foto: Futura Press

Leia tudo sobre: rogério cenisão paulobrasileirão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas