Vitória e Grêmio fazem jogo fraco e ficam no empate sem gols

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Com o resultado, time baiano perde a chance de se aproximar do G4 e gaúchos podem perder o 3º lugar para o Grêmio após os jogos de domingo

Em um jogo muito truncado e cheio de erros de lado a lado, Vitória e Grêmio não saíram do 0 a 0 na noite deste sábado, no Barradão. O resultado é ruim para os dois lados: o Tricolor Gaúcho segue na terceira posição, com 39 pontos, deixando de se aproximar dos líderes, enquanto os baianos vão a 31, perdendo oportunidade de encostar no G-4.

Confira classificação, tabela de jogos e artilharia do Campeonato Brasileiro

Escalado com três zagueiros e três volantes, o Grêmio mostrou segurança defensiva na etapa inicial e criou as melhores chances - chegou a marcar um gol, mal anulado pela arbitragem. O segundo tempo foi bem diferente: Ney Franco mandou o Vitória para a frente e o time baiano criou as melhores chances, mas esbarrou na bem postada defesa gaúcha.

Gazeta Press
Kadu, do Vitória, e Kleber, do Grêmio, disputam a bola no empate por 0 a 0 entre as duas equipes

O Grêmio volta agora suas atenções para a Copa do Brasil. Na quarta-feira, a equipe visita o Corinthians, no Pacaembu, pela abertura das quartas de final. No Brasileirão, o próximo compromisso é no domingo, dia 29, contra o São Paulo, no Morumbi. Já o Vitória visita o Atlético-PR, no mesmo dia.

O jogo

O técnico Renato Gaúcho decidiu apostar no 3-5-2 com três zagueiros e três volantes, esquema com o qual o Grêmio foi vitorioso fora de casa neste Brasileirão. Para tanto, colocou o zagueiro Saimon (mesmo sem ritmo de jogo) no lugar de Gabriel e deixou Elano, Zé Roberto e Vargas no banco de reservas. Já Ney Franco recuou o volante Luiz Alberto para a zaga e montou o Vitória num 3-6-1.

O jogo começou aberto no Barradão. A primeira chegada de perigo foi gremista: aos quatro minutos, Kleber recebeu cruzamento na área e cabeceou ao lado do poste de Wilson. O Vitória respondeu aos dez, em rápido contragolpe. Marquinhos ingressou na área pela direita e chutou na zaga. Aos 14, Kleber recebeu de Pará e cruzou para Riveros, que desviou para o gol, mas Ayrton salvou e mandou para escanteio. Na jogada seguinte, Kadu afastou errado, mas Barcos furou a bola dentro da pequena área.

O jogo caiu de ritmo, mas a toada seguia a mesma: o time baiano tinha mais controle da bola, mas os gaúchos eram mais perigosos. Aos 30, Riveros recebeu bom passe na área como elemento-surpresa e chutou para grande defesa de Wilson. Cinco minutos depois, Victor Ramos teve boa chance em cabeçada, levando perigo.

Veja lances da partida: 


Confira na galeria as imagens da 23ª rodada do Campeonato Brasileiro:

Jô e Ronaldinho Gaúcho comemoram gol na vitória sobre o Vasco pela 23ª rodada do Brasileirão. Foto: Futura PressPaulo Baier marcou o gol da vitória do Atlético Paranaense sobre a Ponte Preta. Foto: CLEBER YAMAGUCHI/Agência Eleven/Gazeta PressThiago Ribeiro marcou o primeiro gol do Santos sobre o Criciúma. Foto: Guilherme Dionízio/Gazeta PressDouglas e Everton Ribeiro no encontro entre Corinthians e Cruzeiro. Foto: ALE CABRAL/Gazeta PressTite orienta o Corinthians durante partida contra o Cruzeiro. Foto: Rodrigo Coca/Agência CorinthiansCássio teve atuação destacada e evitou a derrota para o Cruzeiro. Foto: ALE CABRAL/Gazeta PressObina comemora o gol da virada do Bahia contra o Botafogo. Foto: SATIRO SODRE/Gazeta PressHugo, do Goiás, e Rodrigo Caio, do São Paulo, em disputa de bola no jogo pela 23ª rodada do Brasileirão. Foto: Futura PressRogério Ceni viu bola bater nas suas costas e entrar no gol decisivo do Goiás contra o São Paulo. Foto: Futura PressRodrigo se prepara para cobrar a falta que deu a vitória ao Goiás. Foto: Site oficial do Goiás E.C.Rogério Ceni tentou evitar, mas foi traído pela trave no gol do Goiás. Foto: Site oficial do Goiás E.C.Wanderson comemora o gol da Portuguesa contra o Inter. Foto: VINÍCIUS COSTA/Preview.com/Gazeta PressLance de Internacional e Portuguesa em Novo Hamburgo. Foto: VINÍCIUS COSTA/Preview.com/Gazeta PressElias teve a chance mais clara de dar a vitória ao Flamengo contra o Náutico. Foto: Otavio de Souza/Gazeta PressNáutico e Flamengo ficaram no 0 a 0 na Arena Pernambuco. Foto: Otávio de Souza/ Agif/Gazeta PressKadu, do Vitória, e Kleber, do Grêmio, disputam a bola no empate por 0 a 0 entre as duas equipes. Foto: Gazeta PressRafael Sóbis durante a partida contra Coritiba. Foto: Ricardo Ayres/PhotocameraBruno, do Fluminense, e Vitor Junior, do Coritiba, disputam a bola no duelo entre as duas equipes pela 23ª rodada do Brasileirão. Foto: Futura Press

Aos 36, Barcos serviu Kleber, que cruzou para Alex Telles mandar para as redes, mas o gol foi anulado. A arbitragem marcou impedimento inexistente do Gladiador no começo do jogo. No finzinho, após cobrança de falta, o Pirata ajeitou no segundo tempo para a chegada de Riveros no primeiro, mas o cabeceio foi para fora.

O Vitória começou mais aceso o segundo tempo. Aos dois minutos, após erro da zaga gremista na saída de bola, Marquinhos recebeu na área e chutou fraco, nas mãos de Dida. Ainda assim, foi o Grêmio que controlou os minutos iniciais. Buscando dar mais ofensividade à equipe, Ney Franco desmanchou o 3-6-1 do Vitória e pôs Arthur Maia no lugar de Elizeu, abrindo o time. Renato Gaúcho então tirou Saimon, lesionado, e investiu em Elano.

Com as mexidas, o time da casa cresceu. Aos 18, em um raro erro da defesa do Grêmio, Pará afastou mal e Marquinhos chutou para defesa difícil de Dida, sua primeira em todo o jogo. A seguir, Renato Cajá apanhou sobra após escanteio e chutou nas mãos de Dida. Foi seu último lance: vaiado, o meia deu lugar a Alemão. Minutos depois de entrar em campo, o atacante teve grande chance, aos 30, mas o chute explodiu na defesa.

O jogo, então, caiu muito de ritmo. Aos 35, Kleber quase marcou o primeiro do Grêmio, mas Victor Ramos chegou antes e salvou. Aos 41, Alemão levou perigo em chute de longe tentando encobrir Dida. Nos descontos, Kleber recebeu lançamento sozinho na área do Vitória, mas dominou mal e perdeu a grande chance de dar a vitória ao Tricolor.

FICHA TÉCNICA - VITÓRIA 0 x 0 GRÊMIO

Local: Estádio Barradão, em Salvador (BA)
Data: 21 de setembro de 2013, sábado
Horário: 21h (de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (DF)
Assistentes: Thiago Gomes Brigido (CE) e Anderson José de Moraes Coelho (SP)
Cartões amarelos: Alemão (Vitória) e Ramiro (Grêmio)

VITÓRIA: Wilson; Victor Ramos, Luiz Alberto (Édson Magal) e Kadu; Ayrton, Elizeu (Arthur Maia), Renato Cajá (Alemão), Escudero, Marquinhos e Juan; Dinei
Técnico: Ney Franco

GRÊMIO: Dida; Saimon (Elano), Rhodolfo e Bressan; Pará, Souza, Ramiro (Jean Deretti), Riveros e Alex Telles; Kleber e Barcos (Vargas)
Técnico: Renato Gaúcho

Leia tudo sobre: VitóriaGrêmiobrasileirao

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas