América-MG fica no empate com o Oeste e se distancia do G4

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Equipe mineira saiu na frente do time paulista, mas cedeu empate e chega aos 35 pontos na Série B

O América-MG esboçou uma reação na Série B logo na chegada do técnico Silas, mas nos dois últimos jogos, o Coelho teve um verdadeiro apagão e deixou escapar pontos preciosos na luta pelo acesso. Nesta sexta-feira, os americanos chegaram a abrir o placar contra o Oeste, no primeiro minuto, mas os mineiros recuaram demais e sofreram o empate em 1 a 1, no estádio dos Amaros.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

O primeiro gol do jogo foi anotado pelo armador Bady, que aproveitou bela jogada de Weverton pela esquerda e completou para as redes, fuzilando o goleiro Fernando Leal. No segundo tempo, o Oeste empatou com Piauí em ótima cobrança de falta. Com o resultado, o América-MG chega aos 35 pontos, contra 30 do time de Itápolis.

Na sequência do Campeonato Brasileiro da Série B, o América-MG vai reencontrar seu torcedor no dia 28 deste mês, enfrentando o Avaí, no estádio Independência. Já o Oeste terá uma semana de preparação para visitar o São Caetano, no ABCD paulista.

O jogo 
A torcida do Oeste ainda se acomodava no estádio dos Amaros, mas o América-MG não quis nem saber, e logo no início do jogo, mostrou o cartão de visitas com um contra-ataque em altíssima velocidade. A jogada mostrou uma arrancada de Weverton pela esquerda, o atacante chegou à linha de fundo e deu assistência precisa para Bady, que fuzilou Fernando Leal para abrir o placar antes do segundo minuto.

O gol americano já dava indícios que a partida seria bastante movimentada, e foi exatamente isso que aconteceu. O time de Itápolis não se intimidou com o gol sofrido no começo da partida e começou a busca pela igualdade, como o Coelho também agrediu, o duelo entre paulistas e mineiros acabou sendo disputado em alta intensidade.

O ritmo das duas equipes só caiu após os 20 minutos, quando o América-MG recuou as linhas de marcação, dificultando a vida do Oeste, que encontrou liberdade para conduzir a bola até o meio-campo, quando ficava sem espaços. Com essa estratégia, O Coelho conseguiu encaixar alguns contra-ataques, enquanto o time da casa abusou dos arremates de média e longa distância.

Somente no final do primeiro tempo é que os donos da casa começaram a se aproximar mais da área americana para finalizar as jogadas. Com o Oeste dominando as ações, o time do técnico Silas optou por valorizar a posse de bola, aguardando o fim dos 45 minutos iniciais para corrigir algumas falhas e evitar o empate.

Na volta para etapa complementar, o Oeste logo tomou a iniciativa e conquistou uma sequência de quatro escanteios seguidos. Everton Dias assustou o goleiro Matheus, em um arremate que passou muito perto da meta americana. Sem perder tempo, a equipe de Ivan Baitello aumentou a pressão em cima dos visitantes.

Preocupado com o rendimento do América-MG, o técnico Silas tentou em vários momentos orientar os comandados, cobrando uma recomposição mais rápida do meio-campo para tentar frear a reação do Oeste. Não deu certo, e aos 12, Piauí cobrou falta com a perna canhota, acertando o ângulo de Matheus, deixando tudo igual no marcador.

O empate deu ainda mais moral para a equipe do interior paulista, que seguiu pressionando o Coelho, tomando as iniciativas do jogo. Uma das poucas chances do América-MG foi desperdiçada por Bady, que recebeu bom cruzamento da direita, mas não conseguiu dominar bem a bola. No fim da partida, o gás do Oeste parece ter acabado, e o time não teve forças para chegar a vitória, amargando o empate em casa.

FICHA TÉCNICA
OESTE 1 X 1 AMÉRICA-MG

Local: Estádio dos Amaros, em Itápolis (SP)
Data: 20 de setembro de 2013 (sexta-feira)
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Wagner dos Santos Rosa
Assistentes: Fernanda Colombo Uliana e Valdebranio da Silva
Cartões amarelos: (Oeste) Fernando Leal, Eric, Lelê, Piauí, Pablo, Adriano Alves (América-MG) Jaílton, Weverton, Andrei Girotto
Gols:
Oeste: Piauí, aos 12 minutos do segundo tempo
América-MG: Bady, um minuto do primeiro tempo

OESTE: Fernando Leal; Ligger, César Gaúcho e Adriano Alves; Eric, Everton Dias, Lelê, Marcos Paraná (Emerson) e Piauí (Arnaldo); Pablo e Jheimy (Bruno Nunes)
Técnico: Ivan Baitello

AMÉRICA-MG: Matheus; Leandro Silva, Jaílton, Vitor Hugo e Danilo; Leandro Ferreira, Andrei Girotto, Bady e Willians (Marcão); Weverton (Carlos Renato) e Fábio Júnior (Elsinho)
Técnico: Silas

Leia tudo sobre: OesteAmérica-MGSérie B

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas