Recuperado de uma contusão muscular, meia argentino já planeja ver a evolução do time santista nas próximas partidas em casa

O meia Montillo
Flickr/Santos F.C.
O meia Montillo

Após três semanas afastado dos campos, por conta de uma lesão na coxa esquerda, o meia Montillo voltou a jogar pelo Santos , no empate com o Grêmio por 1 a 1 , na noite desta quarta-feira, em Porto Alegre. Substituído no fim da partida pelo centroavante Willian José, autor do gol santista na Arena do Grêmio, o argentino comemorou o resultado alcançado em seu retorno ao time praiano.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Foi o primeiro jogo depois da lesão, então não dá para avaliar direito. Quase nem treinei com o time, mas a equipe estava precisando. Fizemos um bom ponto fora de casa e tomara que domingo seja melhor, para que consigamos os três pontos em casa", disse Montillo, projetando o duelo com o Criciúma , no próximo domingo, a partir das 18h30 (horário de Brasília), na Vila Belmiro.

Veja também: Dracena elogia postura contra Grêmio e diz que Santos poderia ter vencido

"Acho que já me senti pior. Não senti nada ontem (quarta). Acho que, graças a Deus, a lesão ficou para trás. Agora é tratar de treinar com o grupo e pensar no jogo de domingo", analisou o camisa 10 santista. Sobre o empate com o time gaúcho, Montillo elogiou a postura da equipe, destacando a proposta de jogo alvinegra, que privilegiou a busca pela vitória, mesmo atuando na casa do adversário.

Confira a classificação do Campeonato Brasileiro

"O time fez um bom jogo. Acho que o primeiro tempo foi bom e o segundo foi mais parelho. Com um pouco mais de chegada, poderíamos até ganhar o jogo. Agora, nós temos dois jogos (Criciúma e Náutico, partida atrasada da 11ª rodada do Campeonato Brasileiro) em casa para vencer e ficar mais perto do G4", encerrou.

* Com Gazeta Esportiva

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.