Volante do Náutico não lamenta falta de público em casa no Brasileirão

Por Gazeta | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Para Auremir, pouca presença dos torcedores até serve para tranquilizar o elenco do time pernambucano, praticamente rebaixado para a Série B

Os torcedores do Náutico já sabem que o time dificilmente escapará de ser rebaixado para a Série B. Tanto é que o público na Arena Pernambuco vem diminuindo a cada jogo. No entanto, isto é bom para a equipe, de acordo com o volante Auremir, sentindo-se cada vez menos pressionado.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Talvez a retirada desse peso nas costas tranquilize um pouco mais nas partidas, mas também não quer dizer muita coisa. A situação é difícil. Já conseguimos alguns resultados ao longo do ano, mas o peso sempre vai existir, por mais que o torcedor já esteja desacreditado", explicou o jogador.

Na lanterna da Série A, com nove pontos - a 15 de distância do São Paulo, primeiro time fora da zona de degola -, o Náutico poderá se complicar mais ainda nesta quinta-feira, quando visitará a Portuguesa, às 21 horas (de Brasília), no Canindé, pela 22ª rodada da competição nacional.

Veja ainda: Náutico viaja para encarar a Portuguesa sem equipe titular definida

A Lusa também luta contra a queda, mas tem situação muito melhor do que a dos alvirrubros, já que tem 22 tentos e está na 18ª posição. Os rubro-verdes, inclusive, vêm demonstrando poder de reação e já poderão deixar as últimas colocações com uma vitória em São Paulo.

Mas, ainda segundo Auremir, o Náutico não facilitará isto. "Na nossa situação, tudo é confronto direto. Precisamos de muitas vitórias, então encaramos este jogo como decisivo, assim como todos os outros, até o final do torneio", finalizou o atleta, pendurado com dois cartões amarelos.

Leia tudo sobre: NáuticoBrasileirão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas