Boa surpreende o ASA em Arapiraca e encerra série negativa

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Time alagoano cai para a zona de rebaixamento da Série B, enquanto mineiros seguem sonhando com a briga por um lugar no G4

ASA e Boa Esporte entraram em campo nesta terça-feira no estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca, amargando sequência negativa de quatro e cinco partidas sem vitórias, respectivamente. Mesmo longe de casa, a Nave mineira conseguiu aproveitar os contra-ataques e respirou aliviada ao vencer por 1 a 0 no duelo válido pela 23ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Confira classificação, tabela de jogos e artilharia da Série B do Campeonato Brasileiro

O único gol do confronto foi marcado aos 11 minutos do segundo tempo pelo atacante Luiz Paulo, aproveitando passe de Petros. Com o resultado, os bovetas chegam aos 35 pontos, assumindo a oitava colocação. Já o Fantasmão fica com 23 e em 18º lugar.

Na próxima rodada, a 24ª da competição nacional, o ASA vai a terras cearenses para duelar com o embalado Icasa. O jogo está marcado para as 19h30 (de Brasília) de sexta-feira no Romeirão, em Juazeiro do Norte. O próximo compromisso do Boa é contra o Ceará, às 16h20 de sábado, no Melão.

O jogo

Empurrado pela torcida, o Fantasma das Alagoas pressionou desde os primeiros instantes da partida e por pouco não abriu o placar em grande estilo aos sete minutos. O meio campista Jorginho ajeitou no peito com categoria e, da intermediária, soltou pancada para ótima defesa de Douglas no canto esquerdo.

Cinco minutos depois, o lateral esquerdo Chiquinho Baiano cobrou escanteio fechado e obrigou o goleiro boveta trabalhar mais uma vez. A resposta dos mineiros saiu apenas aos 29 minutos, quando o experiente Marcelinho Paraíba cobrou falta de muito longe e surpreendeu Gilson ao bater direto. O goleiro correu desesperado e conseguiu evitar o gol.

Depois foi Fernando Karanga quem teve a chance de abrir o placar, mas demorou para finalizar e facilitou a defesa de Gilson, que seria substituído por Marcus Vinicius. Assim como no primeiro tempo, o ASA voltou do intervalo em ritmo acelerado e por muito pouco não balançou as redes. Lúcio Maranhão bateu cruzado, Douglas defendeu parcialmente e Alex Silva se atirou para isolar em cima da linha.

Na sequência, Diego Clementino também arriscou e Douglas voltou a defender com segurança. A oportunidade mais clara, no entanto, foi de Lúcio Maranhão. O centroavante completou cruzamento de Jefferson e, cara a cara com Douglas, não conseguiu marcar. Aos 11 minutos, os alagoanos foram castigados pela falta de pontaria.

O meia Petros descolou bom passe para Luiz Paulo na grande área e viu o atacante bater rasteiro para vencer Marcus Vinicius e abrir o placar no Fumeirão. O time boveta, então, passou a administrar o resultado e ainda teve a chance de ampliar em falta que Marcelinho Paraíba novamente tentou surpreender o goleiro.

FICHA TÉCNICA - ASA-AL 0 X 1 BOA ESPORTE

Local: Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca (AL)
Data: 17 de setembro de 2013 (sábado)
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães
Assistentes: José Carlos Oliveira dos Santos e Elicarlos Franco de Oliveira
Cartões amarelos: Tiago Garça, Jorginho, Djair, Osmar e Lúcio Maranhão (ASA); Thiago Carvalho, Alex Silva e Moisés (Boa)

Gol:
BOA ESPORTE: Luiz Paulo, aos 11 minutos do segundo tempo

ASA-AL: Gilson (Marcus Vinícius); Maicon (Osmar), Samuel, Tiago Garça e Chiquinho Baiano; Jorginho, Basílio (Kleiton Domingues) e Djair; Lúcio Maranhão, Diego Clementino e Jefferson Maranhense
Técnico: Leandro Campos

BOA ESPORTE: Douglas; Rafinha, Thiago Carvalho, Alex Silva e Crystian; Olívio, Moisés (André Astorga), Petros e Marcelinho Paraíba (Juba); Luiz Paulo (Malaquias) e Fernando Karanga
Técnico: Nedo Xavier

Leia tudo sobre: boa esporteasaluiz paulomarcelinho paraíbasérie b

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas