Juninho vê Vasco irregular e admite preocupação, mas pede calma

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Meia do Vasco admitiu que o time vem perdendo a força das últimas partidas, após perder para o São Paulo e cair para a 17ª posição no Brasileiro

Flickr/Vasco da Gama
Juninho Pernambucano mostrou preocupação com a situação do Vasco na tabela

Principal jogador do Vasco, o meia Juninho Pernambucano usou a decadência técnica da equipe nas últimas partidas e a irregularidade dentro de campo para justificar a entrada do time na zona de rebaixamento. Neste domingo, o clube de São Januário perdeu em casa por 2 a 0 para o São Paulo e foi para na 17ª posição do Brasileiro. O Cruz-maltino já esteve na degola nesta edição do torneio.

Leia mais: São Paulo vence no Rio, sai da zona do rebaixamento e afunda o Vasco

"A gente está se tornando um time mais de jogadas individuais, perdendo um pouco da força que a gente tinha há alguns jogos. Alternamos situações de domínio e de sermos dominados. Isso preocupa um pouco", afirmou após a partida.

A preocupação com a situação do time foi inclusive um item recorrente das declarações de Juninho. Apesar de admitir o temor do rebaixamento, o meia de 38 anos pediu calma a seus companheiros.

"No segundo tempo, a gente foi um pouco para o tudo ou nada. Tentamos de todo jeito matar o jogo, para vencer com a força da torcida. A situação fica preocupante, mas nada que a gente não esteja acostumado a passar. Precisamos de uma união maior e falar menos até quarta", disse, se referindo à partida do meio da semana contra o Vitória.

Juninho e seus companheiros de equipes voltam a treinar nesta segunda. O jogo contra o time baiano será realizada em São Januário e válido pela 22ª rodada do torneio.

Leia tudo sobre: vascojuninho pernambucanobrasileirao

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas