Criciúma e Internacional se enfrentam em busca de recuperação

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Enquanto os gaúchos brigam para entrar no G4, os catarinenses ainda tentam se afastar da zona de rebaixamento

Embora estejam separados por sete pontos e sete posições no Campeonato Brasileiro, Criciúma e Internacional chegam para o jogo deste domingo, às 16 horas (de Brasília), no Heriberto Hülse, em condições semelhantes. Ambos vêm de resultados frustrantes nas últimas duas rodadas: uma derrota por 2 a 1 seguida por um empate em 2 a 2. Por isso, jogam com a necessidade de vitória e prometem um jogo franco no sul catarinense.

Veja como está a classificação e os próximos jogos do Campeonato Brasileiro

Ainda relativamente próximo da zona da Libertadores, em quinto lugar, a quatro pontos do Atlético-PR, é possivelmente um exagero dizer que o Inter vive uma crise. No entanto, o clima no Beira-Rio está longe de ser tranquilo, como atestam as fortes vaias da torcida após o empate nesta quinta-feira, contra o Vitória. É justamente para evitar entrar em uma crise que o Colorado tenta buscar uma vitória sobre o Tigre.

Edu Andrade/Fatopress/Gazeta Press
Jogadores do Inter celebram gol na vitória contra o Criciúma no primeiro turno

A partida deste domingo encerra uma verdadeira maratona na vida do Internacional. Do sábado passado até este domingo, foram quatro jogos num intervalo de nove dias. "Sentimos o cansaço. Jogamos sábado, terça, quinta e vamos jogar domingo. A gente precisa ter um pouco mais de tranquilidade, e peço que a torcida entenda. A gente não é de ferro", desabafou o volante Willians após a partida contra o Rubro-Negro Baiano.

Porém, cansada de ver a equipe tropeçar, a torcida do Inter não poupou os jogadores. Contra o Vitória, o time gaúcho fechou uma série de dois jogos em casa com apenas um ponto conquistado. Willians, o técnico Dunga e os dirigentes do futebol foram os mais visados pelas vaias. A torcida chamou o treinador de "burro", mas o diretor Luís César Souto de Moura garantiu sua permanência no comando da equipe.

Dunga perdeu para o jogo deste domingo o goleiro Alisson, que deixou o campo lesionado no empate diante do Vitória. Muriel, que era o titular até se lesionar, voltará a ser o camisa 1. Na defesa, o técnico poderá contar novamente com Fabrício, expulso diante do Santos. Contestado pela torcida, porém, o lateral pode ficar no banco de reservas, com Kleber seguindo na equipe.

Lesionado, o uruguaio Diego Forlán segue fora. O jogador se machucou na vitória do Uruguai sobre o Peru, no dia 6, pelas eliminatórias, e ficará em recuperação. Scocco, um dos que vêm se salvando em meio às más atuações do Inter nas últimas rodadas, segue como titular ao lado de Leandro Damião.Se o Colorado precisa ganhar o jogo deste domingo, a situação do Criciúma não é diferente.

Assim como a equipe gaúcha, o Tigre vem de dois resultados frustrantes. Saiu ganhando do Botafogo, permitiu o empate e sofreu a virada nos acréscimos, em casa. Contra o Bahia, na Fonte Nova, chegou a estar vencendo por 2 a 0, mas permitiu o empate no fim do jogo. Foram três pontos desperdiçados nos minutos derradeiros, que fariam com que a equipe catarinense estivesse hoje na 9ª colocação, e não em 12º.

"Foi um péssimo resultado. Da mesma forma que eu falei que contra o Botafogo o empate seria muito bom, nesta noite era para a gente ter vencido e com sobras diante do que a gente jogou. Era para ter aberto uma vantagem deles, era para gente estar lá em cima agora", disparou o técnico Sílvio Criciúma, após o empate em Salvador.

O treinador, por sinal, tem vários problemas para escalar o Tigre. Suspensos, Ewerthon Páscoa e João Vítor estão fora do jogo deste domingo. O volante Elton, que pertence ao Internacional e está emprestado ao Criciúma, não jogará por conta de uma cláusula que o impede de enfrentar o Colorado. O lateral esquerdo Marlon, com problema no tornozelo, é dúvida.

FICHA TÉCNICA
CRICIÚMA X INTERNACIONAL

Local: Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC)
Data: 15 de setembro de 2013, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Felipe Gomes da Silva (PR)
Assistentes: Carlos Augusto Nogueira Júnior (SP) e Moisés Aparecido de Souza (PR)

CRICIÚMA: Galatto. Suéliton, Matheus Ferraz, Leonardo e Marlon (Gílson); Amaral, Tiago Dutra, Leandro Brasília e Morais; Lins e Marcel
Técnico: Sílvio Criciúma

INTERNACIONAL: Muriel; Gabriel, Índio, Juan e Kleber (Fabrício): Ygor, Willians, Otávio e D’Alessandro; Scocco e Leandro Damião
Técnico: Dunga

Leia tudo sobre: internacionalcriciúmabrasileirão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas