Equipe baiana chegou a abrir 2 a 0 no Couto Pereira, mas os donos da casa buscaram o empate num lance de genialidade do camisa 10

O Coritiba se salvou nos acréscimos, graças a Alex, mais uma vez, e arrancou um 2 a 2 no estádio Couto Pereira, diante do Bahia, pelo Campeonato Brasileiro 2013. Com o resultado, o Coxa, com 29 pontos, chega à oitava colocação e castiga o Bahia, que vencia até os 48 minutos da etapa final e terá que se contentar com um ponto na 13ª posição.

Veja como está a classificação e os próximos jogos do Campeonato Brasileiro

A equipe baiana abriu o placar aos 19 minutos da primeira etapa, com Wallyson, que aproveitou vacilo da defesa para receber na área e bater para o fundo das redes. Depois do intervalo, aos oito minutos, William Barbio passou pela defesa para chutar e fazer o segundo. Júlio César, aos 19 minutos, subiu com Titi na área e contou com gol contra para descontar. Alex, aos 48 minuto, com um golaço de bicicleta, deixou tudo igual.

Na próxima rodada, o Coritiba enfrenta o Goiás, quarta-feira, no Estádio Couto Pereira, em Curitiba. Já o Bahia o volta a campo na quinta-feira, quando recebe o Internacional, na Fonte Nova, em Salvador.

O jogo
A equipe Alviverde tentava impor seu ritmo desde o apito inicial, mas enfrentava uma marcação forte por parte do Tricolor. Aos quatro minutos, Diogo abriu espaço e arriscou o chute, fácil para Marcelo Lomba, que segurou com tranquilidade. Como já está se tornado rotina no Coxa, aos 10 minutos, Uelliton sentiu uma lesão muscular e foi substituído pelo argentino Bottinelli.

Alex teve a primeira oportunidade para aparecer na partida, aos 15 minutos, em cobrança de falta que a defesa baiana afastou sem maiores problemas. Porém, a resposta foi fatal. Em sua primeira chegada ao ataque, aos 19 minutos, o Bahia abriu o placar, com Wallyson, que aproveitou cruzamento de William Barbio e falha de Vinícius na área para bater para o fundo das redes.

Coritiba e Bahia empataram no Couto Pereira
Heuler Andrey / Agif/Gazeta Press
Coritiba e Bahia empataram no Couto Pereira

Pressionado e ouvindo o coro de ‘burro’ da torcida, o técnico Marquinhos Santos sacou Diogo para a entrada de Iberbia. Aos 28 minutos, William, na cara do gol, se marcação, chutou pela linha de fundo e perdeu grande chance para ampliar. Bottinelli não ficou atrás e perdeu gol em condições semelhantes, aos 35 minutos. Aos 45 minutos, Júlio César cobrou falta e Lomba defendeu em dois tempos.

Para a etapa final, o Bahia voltou com Fahel no lugar de Angulo. Aos cinco minutos, Gil arriscou de longe e Lomba teve trabalho para segura. Mas, aos oito minutos, William Barbio tirou Chico da jogada e ficou com espaço aberto para chutar e fazer o segundo gol. Ironicamente, a torcida coxa-branca comemorou o lance. Aos 12 minutos, Alex cobrou falta no canto do goleiro e a bola passou raspando a trave.

O Coritiba errava demais, especialmente na última bola, e sequer conseguia descontar no placar. Aos 16 minutos, Júlio César deixou Vinícius de frente para o crime, o jogador conseguiu bater para fora. Até que, aos 19 minutos, Júlio César, que sofria pressão da torcida, subiu com Titi e aproveitou cruzamento para testar e marcar.

O Alviverde tentava pressionar para pelo menos buscar um ponto. Aos 29 minutos, Robinho cobrou falta no meio da área e Lucas Fonseca afastou o perigo. Aos 37 minutos, Wallyson se atrapalhou com a bola, entregou para Chico, que desviou para defesa de Lomba. Confusão na entrada da área baiana, aos 44 minutos, a bola sobrou com Alex e o chute saiu fraco. Aos 48 minutos, com uma bela virada na área, Alex salvou mais uma vez o Coxa.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA 2 X 2 BAHIA

Local: Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 15 de setembro de 2013, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Nunes de Sa (RJ)
Assistentes: Luiz Claudio Regazone (RJ) e Jackson L Massarra dos Santos (RJ)
Cartões amarelos:  Júlio César, Robinho, Vitor Junior (Coritiba); Titi (Bahia)

Gols: CORITIBA: Júlio César, aos 19 minutos e Alex, aos 48 minutos do segundo tempo
BAHIA: Wallyson, aos 19 minutos do primeiro tempo e William Barbio, aos 07 minutos do segundo tempo

CORITIBA: Vanderlei; Vinícius (Jânio), Luccas Claro, Chico e Diogo (Iberbia); Gil, Uelliton (Bottinelli), Robinho e Alex; Vitor Júnior e Julio César
Técnico: Marquinhos Santos

BAHIA: Marcelo Lomba; Ângulo (Fahel), Lucas Fonseca, Titi e Raul; Fabrício Lusa, Hélder, Feijão e William Barbio; Wallyson e Obina (Souza)
Técnico: Cristóvão Borges

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.