Todos os gols da igualdade por 2 a 2 foram anotados no segundo tempo. O de Balotelli, o que decretou o empate, saiu aos 52 minutos, de pênalti

Kaká reestreou pelo Milan no Italiano
Getty Images
Kaká reestreou pelo Milan no Italiano

Na reestreia oficial de Kaká pelo Milan, a equipe da capital italiana se safou da segunda derrota fora de casa nos acréscimos do jogo. Já no segundo tempo, o Torino abriu 2 a 0, mas o time rossonero, já sem Kaká em campo, marcou aos 42 e aos 52 (de pênalti).

Contratado no último dia da janela de transferências europeias, o brasileiro teve participação discreta, mas conseguiu levar perigo ao gol da equipe adversária no primeiro tempo, quando teve um chute da meia-lua prensado pela defesa do Torino. Muito cansado, o brasileiro pediu substituição aos 24 do segundo tempo, e deu lugar a Birsa.

Todos os gols foram marcados na segunda etapa. Logo no primeiro minuto, Cerci lançou, Zaccardo falhou, e D’Ambrosio, já dentro da área, livrou-se da marcação e chutou para o fundo do gol defendido por Abbiati.

Aos 25, o Torino aproveitou rápida saída de contra-ataque e fez o segundo. Immobile fez lançamento longo, Cerci ganhou de Zapata na corrida, invadiu a área e, com um leve toque na saída do goleiro rossonero, ampliou o marcador.

O primeiro gol do Milan saiu aos 42 minutos. O goleiro do Torino, Padelli, cortou cruzamento, e, no rebote, Muntari, caído, chutou de primeira. A bola fez uma curva que enganou a todos e morreu no fundo do gol. Ao tentar buscar a bola no fundo das redes, Balotelli levou um tapa na perna de Padelli, e houve princípio de confusão. Os jogadores do Torino foram para cima do bandeira, reclamando de irregularidade no lance, mas o árbitro confirmou o gol.

Cinco minutos mais tarde, Glik derrubou Poli, e o juiz assinalou pênalti. Infalível na marca da cal, Balotelli foi tranquilo para a bola, deu uma paradinha e mandou no canto direito do goleiro. Isso aos 52 minutos da etapa final.

Com o resultado, o Milan chegou aos quatro pontos e subiu para o sexto lugar. Já o Torino, que estava em 13º, também soma agora quatro pontos, e aparece na sétima posição.

Napoli vence e reassume a liderança

Com gols do ex-merengues Higuain e Callejon, o Napoli venceu a Atalanta em casa por 2 a 0 e reassumiu a liderança do Campeonato Italiano, desta vez de forma isolado. A equipe napolitana se beneficiou do empate entre Juventus e Inter, e chegou aos nove pontos, com 100% de aproveitamento.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.