Equipe catarinense faz 6 a 2 em paulistas e mantém perseguição ao Palmeiras na Série B

Jogadores comemoram vitória sobre o São Caetano
Junior Matiello/Futura Press
Jogadores comemoram vitória sobre o São Caetano

Após uma pequena turbulência na Série B do Campeonato Brasileiro, parece que a Chapecoense reencontrou seu bom futebol na noite desta sexta-feira. Jogando em casa, não teve dificuldade para aplicar uma goleada no São Caetano: 6 a 2, e agora pressiona o Palmeiras, que joga neste sábado. De quebra, a equipe catarinense superou o líder do torneio como melhor ataque.

Comente esta notícia com outros torcedores

A goleada foi construída ainda na primeira etapa. Tiago Luís, aos quatro minutos inaugurou o placar. Aos sete, o artilheiro Bruno Rangel aumentou. Jael, de pênalti descontou para o São Caetano, aos 16 minutos. Um minuto depois, Athos deu tranquilidade para a Chapecoense e fez o terceiro. Paulinho Dias fechou a conta, aos 40 minutos.

No segundo tempo, Marcelo Soares fez o segundo do São Caetano, mas a reação parou por aí. Athos, de novo, e Bruno Rangel decretaram o massacre.

Veja como está a classificação da Série B do Campeonato Brasileiro

O triunfo levou a Chapecoense a 46 pontos, dois a menos que o Palmeiras, que joga neste sábado contra o América-MG. A distância para o terceiro colocado, que era de cinco pontos, subiu para seis, aproveitando o tropeço do Paraná, em casa.

O São Caetano, por sua vez, continua na zona de rebaixamento da competição, com 22 pontos, na 18ª posição. A equipe do ABC paulista ainda pode perder uma posição na rodada, em caso de vitória do América-RN (19º), que faz confronto direto com o Paysandu neste sábado (17º).

FICHA TÉCNICA
CHAPECOENSE 6 X 2 SÃO CAETANO

Local: Arena Índio Condá, em Chapecó (SC)
Data: 13 de setembro de 2013, sexta-feira Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Paulo H. Schleich Vollkopf (MS)
Assistentes: Eduardo Goncalves da Cruz e Antonio Luiz Guimaraes Lugo, ambos do MS 
Cartões amarelos: Wanderson e Nenén(Chapecoense); Jael, Douglas Grolli e Rivaldo (São Caetano)
Cartão vermelho: Pirão (São Caetano)
Gols: CHAPECOENSE: Tiago Luís, aos 4, Bruno Rangel, aos 8, Athos, aos 17 e Paulinho Dias, aos 40 minutos do primeiro tempo; Athos, aos 35 e Bruno Rangel, aos 36 minutos do segundo tempo
SÃO CAETANO: Jael, aos 16 minutos do primeiro tempo; Marcelo Soares, aos 19 minutos do segundo tempo

CHAPECOENSE: Rodolpho; Fabiano, André Paulino, Rafael Lima e Tiago Saletti (Anderson Pico); Wanderson (Glaydson), Paulinho Dias, Nenén (Augusto) e Athos; Tiago Luís e Bruno Rangel
Técnico: Gilmar Dal Pozzo

SÃO CAETANO: Rafael Santos; Samuel Xavier, Douglas Grolli, Fred e Diego; Anselmo, Wagner Carioca (Dudu), Pirão e Danilo Bueno (Marcelo Soares); Pedro Carmona (Rivaldo) e Jael
Técnico:
Sérgio Guedes


* Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.