"O Corinthians tem todas as condições de chegar entre os quatro primeiros colocados no Brasileiro. O troféu está difiícil, mas já vimos muitas coisas no futebol", disse Duílio Alves

Em busca de uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores da América, o Corinthians ocupa a sexta colocação na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro e está garantido nas quartas de final da Copa do Brasil. E, apesar de o clube alvinegro disputar as duas competições simultaneamente neste segundo semestre, o diretor-adjunto Duílio Monteiro Alves descartou priorizar o título do torneio mata-mata.

Corinthians quer renovar com Tite e diz que vaga na Libertadores é obrigação

"De forma alguma (priorizar). O Corinthians tem todas as condições de chegar entre os quatro primeiros colocados no Brasileiro. O troféu está difiícil, mas já vimos muitas coisas no futebol. Na Copa do Brasil estamos nas quartas de final e também podemos lutar pelo título", afirmou o dirigente.

Tite, Edu Gaspar e Duílio Monteiro Alves em treino do Corinthians
Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Tite, Edu Gaspar e Duílio Monteiro Alves em treino do Corinthians

Sem vencer há três partidas (duas derrotas e um empate), o Corinthians ocupa a quinta posição no Brasileiro, com 30 pontos, está 13 pontos atrás do líder, Cruzeiro, e tem cinco pontos de desvantagem em relação ao Atlético-PR, último clube que estaria classificado para Libertadores de 2014. Neste domingo, às 16 horas (de Brasília), o time alvinegro mede forças com Goiás, no Pacaembu, em partida válida pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Jogadores do Corinthians esperam recuperação imediata após nova derrota

Na Copa do Brasil, por sua vez, a equipe paulista entrou direto nas oitavas de final por causa de participação na Libertadores e eliminou o Luverdense, do Mato Grosso. Nas quartas de final, o Corinthians enfrenta o Grêmio, que foi responsável pela queda do Santos. A primeira partida ocorre em 25 de setembro, às 21h50 (de Brasília), no Pacaembu, enquanto a decisão será em 23 de outubro, no mesmo horário, na Arena do Grêmio.

"Já vimos muitas coisas no futebol. Existem outros 19 clubes que trabalham muito e montaram elencos com o mesmo objetivo que nós. Não dá para desistirmos ou pensarmos que acabou. Fizemos um ótimo primeiro semestre, mas infelizmente não estamos repetindo grandes jogos. Confiamos no baita elenco e treinador que temos. Podemos reverter isso", encerrou Duílio Monteiro Alves.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.