Valdivia leva filho ao treino do Palmeiras e se diverte depois da atividade

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Meia ainda é dúvida para a partida contra o América-MG. Gilson Kleina pode poupá-lo

Marcello Zambrana/Gazeta Press
Valdivia participou normalmente do treino no Palmeiras

Após atuar por 28 minutos na vitória sobre o ASA, Valdivia treinou nesta quarta-feira com incentivos extras na Academia de Futebol. O chileno trabalhou e acompanhado pelo filho Jorgito, o afilhado e o cunhado, o produtor musical Rigeo, com quem o jogador gravou um vídeo no início do ano.

Deixe o seu recado e comente com os outros leitores

Sob a expectativa de voltar a ser titular no sábado, contra o América-MG, o meia treinou com os jogadores que não começaram a partida de terça-feira. Em campo reduzido, o camisa 10 se movimentou sem aparentar nenhuma limitação física ou sinais de desgaste que o impeçam de jogar no fim de semana.

Do lado de fora, colado às grades, estavam Jorgito e seu primo, que é afilhado de Valdivia, se alimentavam com a ajuda de Rigeo e pulavam, até que a comissão técnica liberou a entrada deles no gramado.

Rigeo os acompanhou até se deitar em uma das redes enquanto os dois primeiros mexiam em barras para saltar e rolar entre elas. Mais tarde, usaram cones como megafones até que Jorgito, filho de Valdivia, pegou uma bola e alternava chutes e tentativas de cabeçada, jogando sozinho enquanto o primeiro se divertia com um pedaço de rede.

As crianças estavam com um modelo antigo de camisa 10 já usada por Valdivia. O uniforme atual deve ser utilizado pelo jogador em Minas Gerais. Deve ser a sua primeira partida como titular do clube desde o dia 31, quando participou do empate com o Ceará.

Responsável por cuidar de Jorgito e de seu filho nesta quarta-feira, Rigeo já tinha aparecido para o público brasileiro em janeiro. Enquanto o Mago ainda não tinha justificado seu atrasado para se reapresentar na pré-temporada, foi divulgado um vídeo do produtor, e da sua irmã, Daniela Aránguiz, mulher do jogador, cantando um hit chileno, "Adiós tía Paty, adiós tía Lela".

Leia tudo sobre: PalmeirasValdiviaSérie B

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas