Rubens Moreno ocupará o cargo que pertencia a Adalberto Batista, mas sem a mesma autonomia

Pouco mais de um mês depois da saída de Adalberto Batista, o São Paulo tem um novo diretor de futebol. Rubens Moreno, até então adjunto, assume o cargo por indicação do vice-presidente de futebol, João Paulo de Jesus Lopes, o qual vinha ocupando a função interinamente.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

A substituição se deu porque Jesus Lopes não conseguia mais conciliar o dia a dia do futebol com suas atividades profissionais como funcionário público. Apesar disso, ainda será do vice-presidente a ordem definitiva de qualquer decisão, ao contrário do que ocorria com Adalberto.

Veja ainda: Candidato de Juvenal, Aidar se diz certo de vitória e chama Cunha de oportunista

Também não será de Moreno a responsabilidade de buscar reforços e negociar com empresários de jogadores, atividade a qual permanecerá sob os cuidados do gerente executivo, Gustavo Oliveira.

O novo diretor de futebol vai basicamente presenciar o dia a dia do elenco, como já faz há algum tempo no CT da Barra Funda, e chefiar de forma oficial a delegação nas partidas.

Leia também: Meses de cerveja e descanso prometem um Muricy Ramalho menos ranzinza

Em meio à crise que o time atravessa, a diretoria não cogita delegar a quem quer que seja o mesmo poder que foi dado no passado a Adalberto. Quando estava no futebol, o agora diretor secretário-geral protagonizou uma série de polêmicas, sendo uma delas com Rogério Ceni, goleiro que é considerado um mito pela torcida.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.