Há seis anos, clube carioca lutava pelo título brasileiro na primeira metade do Brasileirão, mas teve queda de rendimento na parte final e acabou campeonato em nono

Botafogo é o vice-líder do Brasileirão com 36 pontos
Fernando Ribeiro/Futura Press
Botafogo é o vice-líder do Brasileirão com 36 pontos

O gol de Elias já nos acréscimos deu a vitória e a vice-liderança do Campeonato Brasileiro ao Botafogo . Mais do que isso, permitiu que o clube fizesse o seu melhor primeiro turno da história dos pontos corridos. Com 36 pontos conquistados em 19 rodadas, está a apenas quatro do líder, o Cruzeiro. O desempenho que mais chegou perto a este foi registrado seis anos atrás.

O que o Botafogo conseguirá conquistar neste Brasileirão? Deixe seu palpite

Comandado por Mário Sérgio, o Botafogo chegou à metade do Brasileirão de 2007 com 33 pontos. Poderia até ter somado mais dois pontos se não tivesse permitido o empate ao Figueirense na última rodada do primeiro turno. A situação em relação à briga pelo título era pior em relação à que acontece neste ano, já que a distância para o então líder, o São Paulo, era de sete pontos.

Dentro de campo, o principal destaque do time era Dodô. Com 33 anos na época, terminou o campeonato em quarto lugar na lista de artilheiros ao fazer 15 gols. Durante a competição, o atacante foi pego no exame antidoping por uso de femproporex – substância proibida usada para perda de peso. Suspenso inicialmente por 120 dias, ele entrou com recurso e foi absolvido depois de cumprir 25.

O problema do Botafogo no Brasileirão de 2007 foi a queda de rendimento apresentada no segundo turno. Aos poucos, não só perdeu fôlego na caça à liderança como também ficou para trás na briga por uma vaga na Libertadores. Depois de somar 33 pontos nas 19 rodadas iniciais, conquistou apenas 22 na segunda metade do campeonato e acabou com 55 pontos, na nona colocação.

Dodô: atacante era o principal nome do time do Botafogo no Brasileirão de 2007
Djalma Vassão/Gazeta Press
Dodô: atacante era o principal nome do time do Botafogo no Brasileirão de 2007

Hoje comandado por Oswaldo de Oliveira, o time tem como desafio justamente evitar o que aconteceu há seis anos e se manter entre os primeiros colocados até o final do Brasileirão. Para isso, terá que seguir mostrando ser capaz de continuar rendendo em alto nível apesar de eventuais desfalques e perdas de peças importantes. A mais recente foi a do meia-atacante Vitinho, negociado com o CSKA Moscou, da Rússia.

"Não é fácil a troca de jogadores, mas estamos conseguindo responder bem dentro de campo e isso é o mais importante", disse o meia holandês Seedorf, um dos destaques da campanha do time. "O Botafogo está fazendo por merecer essa boa fase que está vivendo."

"Para não ter queda, já que perdemos jogadores importantes, atribuo ao nosso treinador e à comissão técnica, são vários profissionais trabalhando sem ninguém ver", afirmou o volante Marcelo Mattos. "E ainda temos uma base de muita qualidade. Junta isso tudo com jogadores experientes para dar suporte aos jovens, que podem suprir a necesidade e dar conta do recado. Tivemos dificuldades, mas é nossa profissão e o clube que defendemos, queremos fazer o nosso melhor."

O primeiro desafio do Botafogo neste objetivo de manter o ritmo no segundo turno do Brasileirão acontece nesta quarta-feira. A equipe receberá a visita do Corinthians, quinto colocado da competição.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.