Contra Série B, Muricy volta ao São Paulo em situação incomum na carreira

Por Pedro Taveira - iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Contratado para o lugar de Paulo Autuori, técnico está acostumado a ter tempo para impor seu trabalho, diferente do que irá encarar até o final desta temporada no Morumbi

AE
Pelo São Paulo, o técnico conquistou três títulos Brasileiros entre 2006 e 2008

Muricy Ramalho volta ao São Paulo com uma missão rara ao longo de sua carreira como treinador: lutar contra o rebaixamento. Contratado para o lugar de Paulo Autuori, demitido nesta segunda-feira, o técnico está acostumado a ter tempo para impor seu trabalho e brigar por títulos. Bem o contrário do que terá pela frente até o final desta temporada no Morumbi.

Acha que Muricy Ramalho é o nome ideal para tirar o São Paulo da crise? Comente

O São Paulo tem 19 rodadas para escapar da Série B. O clube ocupa a 18ª colocação, com 18 pontos. Muricy enfrentou situação semelhante somente em uma outra oportunidade: com o Figueirense, em 2003. Na época, o técnico assumiu a ameaçada equipe catarinense e conseguiu evitar a queda.

Desde então, a estabilidade foi a marca dos trabalhos do técnico. Foi assim no Internacional, Palmeiras, Santos e Fluminense. O clube do Palestra Itália foi o único no qual não conquistou títulos. Já no time da Vila Belmiro, foi contratado precisando evitar o que seria uma vexatória eliminação na fase de grupos da Copa Libertadores de 2011 e acabou como campeão continental.

LEIA: São Paulo demite Paulo Autuori e contrata Muricy Ramalho

Em sua última passagem pelo São Paulo, que durou três anos e meio, Muricy teve bom início. Se contabilizadas as primeiras 19 partidas, que é o tempo que o técnico terá para tirar a equipe da zona do rebaixamento, o aproveitamento foi de 68% (12 vitórias, três empates e quatro derrotas). Os jogos foram válidos pelo Paulistão e Libertadores 2006.

Muricy Ramalho pede calma ao São Paulo em sua reestreia no comando do time, em 12 de setembro, diante da Ponte Preta. Foto: Futura PressMuricy Ramalho voltou ao comando do São Paulo em setembro e chegou ao CT da Barra Funda acompanhado pelo vice-presidente João Paulo de Jesus Lopes. Foto: Futura Press/Léo PinheiroMuricy Ramalho responde as perguntas dos jornalistas, durante a coletiva no CT da Barra Funda (10/9). Foto: Divulgação/São Paulo FCMuricy Ramalho demonstrou bom humor em sua primeira coletiva como novo técnico do São Paulo. Foto: Divulgação/São Paulo FCO técnico Muricy Ramalho sorri em sua apresentação como novo treinador do São Paulo. Foto: SERGIO BARZAGHI / Gazeta PressMuricy Ramalho volta a ser treinador do São Paulo após período sem time. Foto: Futura Press/Léo PinheiroMuricy Ramalho estava sem time desde que deixou o Santos, no final de maio deste ano. Foto: RENATO SILVESTRE/Gazeta PressMuricy Ramalho em treino do Santos na Vila Belmiro, em maio. Foto: Ricardo Saibun/Divulgação SantosMuricy Ramalho comanda o Santos na semifinal do Campeonato Paulista deste ano. Foto: Ricardo Saibun/ Gazeta PressO preparador físico Ricardo Rosa e o técnico Muricy Ramalho conversam durante treinamento no CT Rei Pelé, em abril de 2013. Foto: Flickr/Santos F.C.Muricy Ramalho deixou o comando do Santos no dia 31 de maio. Foto: Gazeta PressNesta temporada, Muricy Ramalho buscava o tetra do Paulista com o Santos, mas perdeu para o Corinthians na final. Foto: Futura PressNeymar joga ovo e água em Muricy Ramalho no seu aniversário, em novembro de 2012. Foto: Gazeta PressTécnico Muricy Ramalho dá coletiva ao lado da taça da Recopa Sul-Americana, seu 4° título pelo Santos. Foto: Francisco De LaurentiisMuricy Ramalho ganhou um carro como prêmio pela conquista da Copa Libertadores da América 2011. Foto: DivulgaçãoMuricy Ramalho comandou o Fluminense entre 2010 e 2011, antes de assumir o Santos. Foto: PhotocameraTécnico durante o período à frente do Fluminense. Foto: Gazeta PressTreinador chegou ao time carioca em 2010. Foto: PhotocameraCelso Barros participa da apresentação de todos grandes nomes que chegam ao Flu, como com Muricy Ramalho em 2010. Foto: PhotocameraSão Paulo também faz parte do currículo do treinador. Foto: VipcommRogério Ceni ao lado de Muricy Ramalho em 1996. Foto: Gazeta Press

Em recente entrevista ao programa Estádio 97, da Rádio Energia 97, Ramalho afirmou que comandaria o São Paulo "até na Série B". "Por que não (assumiria)? É difícil de o São Paulo cair, mas continua sendo grande, não importa a Série em que esteja. Seria um prazer, sim", declarou.

RELEMBRE: São Paulo apresenta Autuori e usa Cicinho para explicar veto a Muricy

Preferência dos torcedores são-paulinos desde a queda de Ney Franco, em julho, o treinador foi preterido por Autuori. O presidente Juvenal Juvêncio explicou na ocasião que a decisão não poderia ser tomada com “paixão”, mas com “razão”.

O São Paulo tem conselho gestor. Tem umas pessoas que gostam e umas que não gostam. E o gestor disse que é o Paulo Autuori. Agora, não ao Autuori por quê? A gente tem um grande respeito à torcida. Torcida é paixão. Administração é razão”, falou Juvêncio.

Muricy irá comandar seu primeiro treinamento já nesta terça-feira e reestreia diante no clube diante da Ponte Preta, nesta quinta-feira, no Morumbi.

Leia tudo sobre: são paulomuricy ramalhoigspbrasileirão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas