Apesar da vitória, técnico do Santos assume culpa por erro na formação tática

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Claudinei Oliveira disse que triunfo diante do Goiás só foi possível após substituições no segundo tempo

Ivan Storti/Divulgação Santos FC
Claudinei Oliveira, técnico do Santos

O técnico Claudinei Oliveira admitiu que a atuação do Santos na vitória por 1 a 0 sobre o Goiás, sobretudo no primeiro tempo, não foi das melhores. Ele procurou valorizar, no entanto, os pontos conquistados no início de uma sequência que exigirá bastante de seus jogadores.

Comente esta notícia com outros torcedores

"Com essa maratona de jogos, não temos tempo para trabalhar bem a parte tática. Pensei em uma formação que não deu certo, mas isento os meus jogadores e assumo o meu erro", afirmou o treinador, bem mais satisfeito com a etapa final.

"As substituições deram resultado. O Renato Abreu deu mais posse de bola à equipe, isso foi um fator importante. O Giva também participou muito bem, mesmo perdendo alguns gols. Não vamos ficar tristes pelo rendimento, já que conquistamos os três pontos", acrescentou.

O triunfo sobre o Goiás foi o primeiro jogo em uma série de quatro em nove dias. Até o próximo final de semana, a equipe da Vila Belmiro enfrentará o Internacional em Novo Hamburgo, o Flamengo no Rio Janeiro e o Botafogo em Santos.

Logo na partida que abriu a sequência, o herói da vitória, Thiago Ribeiro, mostrou um desgaste grande, chegando a passar mal após o apito final. De acordo com os médicos do time alvinegro, porém, não há maiores preocupações com o atacante.


* Com Gazeta

Leia tudo sobre: Claudinei OliveiraSantosbrasileirao

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas