STJD pune Mendieta e Wesley por quatro e dois jogos, respectivamente

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Jogadores do Palmeiras foram julgados por confusão contra o Paysandu, pela Série B, em agosto

Gazeta Press
Confusão generalizada entre jogadores de Palmeiras e Paysandu no Pacaembu

O julgamento do Superior Tribunal de Justiça Desportiva nesta sexta-feira foi pior do que o Palmeiras esperava. Por conta da confusão em que se envolveram na vitória sobre o Paysandu, há 20 dias, Mendieta e Wesley ficaram suspensos por quatro e duas partidas, respectivamente.

Comente esta notícia com outros torcedores

Os dois jogadores acompanharam a sessão pessoalmente, no Rio de Janeiro, e são desfalques confirmados diante do Atlético-GO, neste sábado. O clube já avisa que vai recorrer, principalmente para poder escalar Mendieta.

O Palmeiras já esperava uma punição ao paraguaio, já que havia imagens comprovando que ele deu um soco em um adversário, apesar de a súmula da vitória palmeirense - que teve gol do camisa 8 - não registrar o fato. O gancho ao meia, porém, foi maior do que a expectativa.

Apesar de não treinar em Goiânia, Kardec não deve ser problema no Palmeiras

A audiência enquadrou Mendieta por agressão, o que gerou a pena de quatro jogos. Gilson Kleina nem contava com ele para atuar neste fim de semana, mas a esperança é de que os advogados consigam reduzir a pena. Por enquanto, ele está fora também contra ASA, América-MG e Avaí, podendo voltar só no dia 21, diante do Sport.

Já Wesley, como foi expulso e já cumpriu um jogo de pena, completará a suspensão neste sábado e terá condições de enfrentar o ASA na terça-feira. Não tê-lo em Goiás, porém, foi frustrante, pois o clube já tinha armado uma logística para que o volante chegasse a Itumbiara, cidade do jogo contra o Atlético-GO, horas antes do apito inicial.

Wesley recebeu cartão vermelho, justificado na súmula com a explicação de que ele desferiu um tapa no peito de um adversário. O julgamento entendeu a ação como um ato hostil e, por isso, definiu a punição por duas partidas.

A confiança era tanta na absolvição do camisa 11 que Gilson Kleina relacionou somente 17 jogadores para viajar a Goiás. Agora, terá apenas seis atletas no banco de reservas neste sábado, sendo um deles o goleiro Bruno, restringindo ainda mais as opções para mudar o panorama da equipe.

Sem Mendieta e Wesley, a mais provável escalação deve ser no 4-3-3 com: Fernando Prass; Wendel, Vilson, Tiago Alves e Luis Felipe; Márcio Araújo, Charles e Felipe Menezes; Vinicius, Leandro e Alan Kardec. Também estão fora Juninho, Fernandinho, Ronny, Marcelo Oliveira e Léo Gago, por lesão, e Henrique, Valdivia e Eguren, que estão com suas seleções.

Leia tudo sobre: palmeiraswesleymendietasérie bstjd

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas