América-MG confirma saída de Rodriguinho na maior venda da história

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Oferta do El Jaish foi considerada "extremamente vantajosa, tanto para o clube como para o jogador"

O América-MG tentou segurar seu craque até o final do ano, reajustou os salários significativamente, mas uma proposta do futebol árabe tirou Rodriguinho do clube mineiro. Nesta sexta-feira, o Conselho de Administração do América comunicou aos seus torcedores que está negociando os direitos federativos do armador ao El Jaish Sport Club, do Qatar.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Depois de receber algumas propostas nos últimos meses, o América-MG havia decidido manter o atleta pelo menos até dezembro, fazendo com que o planejamento da equipe não fosse prejudicado. A oferta do El Jaish, no entanto, foi considerada "extremamente vantajosa, tanto para o clube como para o jogador".

Apesar de ter manifestado o desejo de manter o atleta, a diretoria também levou em conta a posição de Rodriguinho, que, diante de uma proposta com valores elevados, pediu para que o clube facilitasse a negociação. Sendo assim, a motivação do jogador no restante da temporada também poderia não ser a mesma.

Neste sábado, o Superintendente Geral do América, Alexandre Faria, viaja para o Qatar, juntamente com Rodriguinho, para a efetivação da negociação com o El Jaish. Ao concluir a negociação, o América divulgará os valores envolvidos no negócio, mas já revela que se trata da transação de atleta de maior valor realizada em toda sua história.

Leia tudo sobre: América-MGSérie B

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas