Juan elogia concentração defensiva do Inter contra o Corinthians

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Apesar de ter a oitava pior defesa do Brasileirão, time gaúcho conseguiu ficar sem sofrer gols pela segunda partida consecutiva

Dono de uma das defesas mais vazadas do Campeonato Brasileiro, o Internacional não toma gols há dois jogos. Depois de empatar em 0 a 0 com o Coritiba, o Colorado venceu o Corinthians por 1 a 0 nesta quarta, e deu poucas chances ao Timão na partida disputada em Novo Hamburgo. A atuação defensiva da equipe foi comemorada pelo zagueiro Juan.

Inter interrompe sequência de empates e bate o Corinthians

"Tomara que seja o começo de uma nova fase. Nestes dois últimos jogos a gente produziu mais, e o resultado está aí. Está mais difícil fazer gol no Inter. Nós jogamos os 90 minutos concentrados, a equipe se fechou quando tinha que se fechar. Todo o mundo ajudou, o que facilita para a gente ali atrás", explicou o zagueiro, elogiando a postura dos meias e atacantes do Inter, que auxiliaram marcando a saída de bola corintiana.

Confira classificação, tabela de jogos e artilharia do Campeonato Brasileiro

Luiz Munhoz/Gazeta Press
D'Alessandro comemora o gol da vitória do Inter sobre o Corinthians

Autor do gol e melhor homem em campo no Vale, D’Alessandro entende que a vitória mostrou que a equipe está no caminho certo. "A gente fica feliz porque o resultado chegou. O trabalho está sendo feito, a gente tem foco, e hoje ganhamos de um time muito forte, que vai brigar lá em cima. Às vezes o resultado não vem, mas a gente demonstrou que o caminho é esse", analisou o capitão colorado.

Com a vitória sobre o Corinthians, o Inter encerrou uma série de sete partidas sem vencer e de seis empates seguidos no Brasileirão. A equipe subiu para o sexto lugar, com 27 pontos, e um jogo a menos. No sábado, o Colorado encerra sua participação no primeiro turno do campeonato contra a Ponte Preta, em Campinas.

Leia tudo sobre: JuanInternacionalbrasileirao

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas