Dono de ataque avassalador, Cruzeiro subverte lógica de sucesso no Brasileiro

Por Mauricio Nadal -iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Time comandado por Marcelo Oliveira tem 41 gols marcados no Brasileiro e a quinta melhor defesa, que vem sendo a tônica dos últimos campeões

Edson Ruiz/Gazeta Press
Destaque, meia Everton Ribeiro comemora gol do Cruzeiro diante do Bahia

Com uma rodada para o fim do primeiro turno do Brasileiro, o Cruzeiro já se garantiu como campeão simbólico, ao vencer o Bahia por 2 a 1 fora de casa, na quarta-feira. Melhor ataque da competição, com 41 gols marcados até aqui, o time mineiro vem contrariando a lógica de sucesso recente no Brasileirão.

O Cruzeiro será o campeão brasileiro de 2013? Opine!

Desde 2006, quando o torneio começou a ser disputado por 20 clubes na era dos pontos corridos, os campeões primaram por suas defesas eficientes e ataques com menor destaque. No entanto, o time mineiro inverteu essa tônica: tem disparado o melhor ataque da competição (41 gols) e apenas a quinta melhor defesa  (18 gols).

Leia mais: Na Fonte Nova, Cruzeiro vence Bahia e leva o primeiro turno do Brasileirão

Apenas o São Paulo, comandado por Muricy Ramalho em 2006, teve melhores ataque e defesa do Brasileirão. De 2007 para cá, as defesas vêm sobressaindo. Nas campanhas de São Paulo, em 2007 e 2008, Fluminense, 2010, Corinthians, 2011, e novamente Fluminense, 2012, o campeão brasileiro foi quem menos sofreu gols. O Flamengo, campeão em 2009, ficou com o segundo melhor desempenho no quesito.

Fato que chama a atenção na campanha do Cruzeiro nessas primeiras rodadas é o rodízio de atacantes e goleadores. Com o elenco cheio de boas opções, Marcelo Oliveira vem fazendo trocas constantes e 17 jogadores já marcaram pelo time cruzeirense no Brasileiro.

Além disso, o treinador tem oito atacantes no elenco: Borges, Dagoberto, Martinuccio, Lucca, Vinícius Araújo, Willian, Luan e Anselmo Ramon. Com esse vasto leque, mesmo com o melhor ataque do Brasileiro, o Cruzeiro não tem nenhum jogador entre os artilheiros do torneio. Luan, Ricardo Goulart e Vinícius Araújo têm cinco gols cada e estão longe de alcançar os 12 do goleador máximo Éderson, do Atlético-PR.

Resta ver agora se o ataque avassalador do Cruzeiro, cheio de goleadores, vai continuar a dar o tom do Brasileirão 2013. Porque a defesa cruzeirense, ao menos até agora, é coadjuvante.

Leia tudo sobre: cruzeirobrasileirao

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas