Equipe carioca virou o jogo no Independência, mas bela cobrança de Ronaldinho Gaúcho deixou tudo igual

Diego Cavalieri nada pôde fazer para evitar o empate do Atlético-MG em falta batida por Ronaldinho
Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro
Diego Cavalieri nada pôde fazer para evitar o empate do Atlético-MG em falta batida por Ronaldinho

A quarta-feira foi de chuva e frio em Belo Horizonte durante quase todo o dia, condições do tempo que aparentemente influenciaram alguns jogadores de Atlético-MG e Fluminense, que não conseguiram fazer um bom jogo no Independência, ficando no empate em 2 a 2. 

Comente esta notícia com outros torcedores

O primeiro gol do jogo foi anotado pelo armador Wagner, que aproveitou falha de Luan e não perdoou o goleiro Victor. Mesmo sem jogar bem, o Atlético chegou ao empate com Ronaldinho em cobrança de falta perfeita. No segundo tempo Rhayner marcou o segundo dos visitantes e R10 voltou a deixar tudo igual em nova cobrança de falta. O resultado foi ruim para as duas equipes, que ainda patinam no Brasileiro, com 21 pontos em favor do Atlético-MG, contra 19 do Fluminense.

Na sequência do Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG vai enfrentar o Vitória, jogo marcado para o próximo sábado, no Barradão. Já o Fluminense vai medir forças contra o Bahia, no Maracanã, jogo também marcado para o sábado.

O jogo

O equilíbrio de forças marcou o início do duelo entre Atlético-MG e Fluminense no Independência. Enquanto o time da casa procurou explorar as bolas paradas com Ronaldinho Gaúcho e a troca constante de posições entre os jogadores do ataque, o Flu tentou agredir os alvinegros usando, principalmente as laterais do campo.

A forte marcação de ambos os lado prevaleceu em boa parte etapa inicial, resultando em poucas chances efetivas de gol. Em uma das chegadas do Fluminense, Rafinha foi à linha de fundo e cruzou para área, Luan tentou cortar e errou bisonhamente, deixando Wagner livre para fuzilar o goleiro Victor, abrindo o placar no Horto, no primeiro lance de perigo dos cariocas.

Veja como está a classificação da Série A do Campeonato Brasileiro

O gol do Fluminense obrigou os atleticanos a atacar em busca do empate, mas os mineiros encontraram dificuldades para transpor a linha de marcadores dos visitantes, que passaram a atuar nos contra-ataques e explorando os erros do Atlético-MG, que foram vários durante toda a partida.

A principal falha alvinegra foi sem dúvida a troca de passes, que não funcionou bem, com o time de Vanderlei Luxemburgo recuperando a bola com relativa facilidade. Com isso, os cariocas passaram a ditar o ritmo da partida, que foi lento do lado tricolor, irritando o torcedor atleticano nas cadeiras do Independência.

Confira na galeria as imagens da 18ª rodada do Campeonato Brasileiro:

Como o Atlético não conseguiu chegar tocando a bola, coube ao craque Ronaldinho brilhar com um momento de genialidade. Aos 47, o craque cobrou falta com maestria, sem chances para Diego Cavalieri, empatando o marcador no Horto. A igualdade, mesmo sem jogar bem deu moral para o Atlético-MG voltar mais ligado para a etapa final.

Apoiado pela torcida, o Atlético-MG passou a perseguir a virada com mais afinco, mas ainda errando muito passes. Gesticulando bastante, o técnico Cuca procurou orientar os comandados, pedindo bola no chão e maior aproximação dos companheiros. Acuado no campo defensivo, o Fluminense priorizou a marcação e os contra-ataques nos 45 minutos finais.Aos 27, a jogada rápida do Fluminense funcionou, e Rhayner arrancou em velocidade ganhando dos zagueiros do Galo e tocando por cobertura na saída de Victor, anotando um belo gol no Horto para recolocar o Tricolor em vantagem. Dois minutos depois, Rhayner fez falta em Neto Berola e recebeu o segundo amarelo, sendo expulso do jogo.

Com um jogador a mais em campo, o Atlético-MG se lançou a frente em busca da igualdade. Aos 37, Ronaldinho voltou a brilhar em mais uma cobrança de falta perfeita, empatando o jogo em Belo Horizonte. Os minutos finais foram de pressão total do Galo, que não conseguiu chegar ao gol da virada.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG 2 X 2 FLUMINENSE

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 04 de setembro de 2013 (quarta-feira)
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Assistentes: Altemir Hausmann (RS) e Anderson José Moraes Coelho (SP)
Cartões amarelos: (Atlético-MG) Luan, Rosinei, Pierre, Réver (Fluminense) Rafinha, Rhayner, Marcos Júnior
Cartão vermelho: (Fluminense) Rhayner

Gols: ATLÉTICO-MG: Ronaldinho, aos 47 minutos do primeiro tempo e aos 37 minutos do segundo tempo
FLUMINENSE: Wagner, aos 13 minutos do primeiro tempo; Rhayner, aos 27 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-MG: Victor; Michel (Rosinei), Réver, Leonardo Silva e Richarlyson (Emerson); Pierre, Luan, Guilherme (Neto Berola) e Ronaldinho; Fernandinho e Tardelli
Técnico: Cuca

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Bruno, Gum, Anderson e Carlinhos; Edinho, Willian, Rafinha (Marcos Júnior) e Wagner (Felipe); Rhayner e Rafael Sobis (Samuel)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo


* Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.