Vasco quita salários de junho e evita ação judicial por 3 meses de atraso

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Pagamento foi feito antes do treino em Recife, onde o time carioca enfrenta o Náutico, pelo Brasileirão

O Vasco iniciou nesta quarta-feira o processo para quitar todas as dívidas pendentes com seus atletas. Concentrados em Recife para a partida desta quinta-feira, contra o Náutico, os funcionários do clube receberam os salários referentes a junho - o primeiro dos três meses que estavam atrasados. Os vencimentos foram pagos pouco antes do treino realizado pelo elenco no campo anexo da Ilha do Retiro, na capital pernambucana.

Comente esta notícia com outros torcedores

O débito evita que o clube carioca seja acionado na justiça por atraso de três meses de salários. Caso isso tivesse acontecido, os jogadores poderiam pedir o fim do vínculo com o time, podendo, assim, negociar com outras equipes sem render lucro ao Cruz-maltino.

Os vencimentos de julho e agosto, porém, ainda não foram pagos. A diretoria pretende resolver essa questão até o fim da semana, pois aguarda a chegada das certidões negativas de débito com a União (CNDs) até esta sexta-feira. Assim, será possível formalizar o acordo de patrocínio com a Caixa Econômica Federal e levantar algumas verbas retidas a título de penhora.

Com esta excelente notícia, os jogadores do Vasco seguem se preparando para pegar o Náutico, nesta quinta-feira, às 21 horas (de Brasília), na Arena Pernambuco. Décimo quarto colocado com 14 pontos, o time carioca tentará se reabilitar no Campeonato Brasileiro contra o lanterna da competição, que tem apenas oito pontos.

Leia tudo sobre: vascosalários atrasadosbrasileirao

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas