Goleiro aproveitou o resultado positivo diante do Náutico para incentivar o time a deixar a zona de rebaixamento

Rogério Ceni, goleiro do São Paulo
Fernando Dantas/Gazeta Press
Rogério Ceni, goleiro do São Paulo

Capitão do São Paulo , Rogério Ceni está contente com o desempenho recente dele e de seus companheiros, que não perdem há cinco jogos. Mas o goleiro espera que a recuperação no Campeonato Brasileiro não seja passageira.

Comente esta notícia com outros torcedores

"Resultados positivos, jogos sem perder, fazem com que você se sinta cada vez melhor para o jogo seguinte. A gente não pode deixar cair isso. Tem que continuar tentando vencer", disse o goleiro, ao voltar da capital pernambucana, no início da noite desta quarta-feira.

"Nosso momento é bem melhor do que estava no início do campeonato, mas ainda estamos em uma situação delicada. A gente não pode parar, tem que continuar tentando e conseguindo vitórias", acrescentou o camisa 1, enquanto concedia autógrafos a alguns torcedores no saguão do Aeroporto de Guarulhos.

Juíza indefere ação de sindicato contra CBF e mantém jogos desta quinta

A vitória de terça-feira sobre o Náutico, com um jogador a menos, levou a equipe à 17ª colocação, com os mesmos 18 pontos do Fluminense, mas em desvantagem nos critérios de desempate. Agora, basta derrotar o Criciúma, nesta quinta-feira, para sair da zona de rebaixamento da competição. Missão nada fácil, na opinião de Ceni.

"Vai ser um confronto difícil. O Criciúma venceu o Vitória fora de casa. Esse resultado, por si só, mostra que será complicado", opinou o ídolo são-paulino, sempre atento aos adversários.

Terceira em cinco dias nesta semana, a partida contra a equipe catarinense está marcada para 21 horas (de Brasília) desta quinta-feira, no Morumbi. A única baixa em relação ao jogo anterior é o zagueiro Antônio Carlos, que foi expulso.


* Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.