Time catarinense venceu longe de Criciúma pela primeira vez e se distanciou dos últimos

O Criciúma conquistou neste domingo seu primeiro triunfo fora de casa no Campeonato Brasileiro. A equipe catarinense derrotou o Vitória por 1 a 0, em pleno Barradão. Para isso, teve que superar a forte pressão no segundo tempo dos anfitriões, que por sua vez perderam a primeira em seu estádio.

Veja a tabela completa do Campeonato Brasileiro e os próximos jogos do torneio

Com o resultado, o Tigre chegou a 20 pontos conquistados e se afastou da zona de rebaixamento. O Vitória se mantém com 22 pontos e sofreu sua terceira derrota seguida no Brasileiro.

Marcel marcou de pênalti o gol da vitória do Criciúma
Gazeta Press
Marcel marcou de pênalti o gol da vitória do Criciúma

Na próxima quarta-feira, na penúltima rodada do primeiro turno, o Leão enfrenta o Flamengo no Maracanã. Já o Criciúma encara o São Paulo no Morumbi.

O jogo
Durante todo o primeiro tempo, as duas equipes atuaram de maneira pouco inspirada. O Vitória até começou pressionando o adversário, sem grande sucesso. Assim, aos 14 minutos, Marcel, do Criciúma, sofreu um puxão de Victor Ramos dentro da área e o árbitro marcou pênalti. O próprio Marcel foi para a cobrança, abrindo o placar e marcando seu primeiro gol neste Brasileiro.

O Vitória tentou ir para cima pelo restante da primeira etapa, sem sucesso. Os estreantes Juan e Alemão pouco conseguiam fazer para melhorar a criatividade da equipe. Os goleiros Galatto e Wilson também pouco trabalharam. Fabinho, com dores, teve que dar lugar a Cassiano no Tigre. Já o Leão deixou o campo em direção ao vestiário sob vaias de quase todo o Barradão.

Confira na galeria as imagens da 17ª rodada do Brasileirão:

Na volta do intervalo, o técnico rubro-negro Caio Júnior tirou Elizeu, que vinha sofrendo críticas da torcida, e colocou Dinei, deixando a equipe mais ofensiva . Com a mudança, Alemão voltou para a armação e o Vitória continuava insistindo nos chutes de fora da área, com jogadores como Vander e Maxi Biancucchi. A pontaria, novamente, continuava a desejar.

Mas aos poucos o Leão melhorou com as alterações - Marquinhos também entrou, no lugar de Vander - e obrigou o Criciúma a fazer faltas fortes para parar as jogadas ofensivas. Os anfitriões abusavam da velocidade, e Maxi Biancucchi teve uma ótima chance aos 25 minutos, após boa jogada de Marquinhos e Dinei. O Leão não paravam de pressionar, principalmente pelo lado esquerdo, mas encontravam dificuldades para apssar por Gallato, que fez ótima partida. No final, o Vitória não conseguiu fazer o gol de empate e viu o adversário vencer o primeiro jogo fora de casa no torneio.

FICHA TÉCNICA
VITÓRIA 0 X 1 CRICIÚMA

Local: Estádio Manoel Barradas (Barradão), em Salvador (BA)
Data: 1 de setembro de 2013, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Francisco de Assis Almeida Filho (CE)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moises (RJ) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP)
Árbitros adicionais: Charles Hebert Cavalcante Ferreira (AL) e Flavio Feijo de Omena (AL)
Gol: Marcel, aos 14 minutos do primeiro tempo
Cartões amarelos: Victor Ramos e Ayrton (Vitória); Gilson, Lins, Matheus Ferraz e Serginho (Criciúma)

VITÓRIA: Wilson; Ayrton, Fabrício, Victor Ramos e Juan; Cáceres, Luís Alberto, Elizeu (Dinei) e Vander (Marquinhos); Maxi e Alemão
Técnico: Caio Júnior

CRICIÚMA: Galatto; Tony, Matheus Ferraz, Leonardo e Marlon; Serginho, Elton e João Vitor (Douglas); Lins, Marcel (Morais) e Fabinho (Cassiano)
Técnico: Sílvio Criciúma (interino)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.