Pato pede compreensão de Fiel, mas vê críticas importantes para aprendizado

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Atacante é o vice-artilheiro do Corinthians no ano, com 12 gols, mas chances desperdiçadas pelo camisa 7 ainda geram críticas e desconfiança de grande parte da torcida

Djalma Vassão/Gazeta Press
Pato abriu o placar na vitória do Corinthians sobre a Luverdense

Principal contratação do Corinthians para a temporada, o atacante Alexandre Pato é o vice-artilheiro do time no ano, com 12 gols. Apesar disso, as chances desperdiçadas pelo camisa 7 ainda geram críticas e desconfiança de grande parte da Fiel. Ciente de que precisa melhorar, o jogador pede compreensão aos torcedores e diz absorver as palavras vindas da arquibancada.

Acha que Pato tem lugar entre os titulares do Corinthians? Deixe seu comentário

"É normal sentir a pressão no Corinthians. É um grande clube que acabou de ganhar uma Libertadores e um Mundial. Mas as pessoas tem que entender, ver o lado do jogador. Tem semana que a gente trabalha duro e é dedicado, mas na hora do jogo não dá certo. Você chuta e a bola não entra", disse o atacante em participação no programa Os Donos da Bola, da TV Bandeirantes.

O grande receio da torcida quando o clube anunciou a chegada de Pato por R$ 40 milhões era o histórico de lesões do jogador em seus seis anos de Milan. Apesar disso, o atacante participou de 42 das 51 partidas corintianas do ano e quer mais.

"Tive um ano e meio muito difícil no Milan, com lesão atrás de lesão que não me deixavam jogar. No Corinthians, tive uma sequência boa. Dei sorte de chegar a um clube muito grande e encontrar ótimos profissionais. Só tenho a agradecer ao pessoal da fisioterapia, tenho aprendido muito com eles. Sou muito jovem, vou completar 24 anos no sábado. Ainda tenho muito aprender e eu quero aprender", relatou o jogador.

Pato fez seu primeiro jogo pelo Corinthians em fevereiro, contra Oeste, e marcou gol. Foto: Daniel Augusto Jr/Agência CorinthiansPato lamenta gol perdido no empate contra o Botafogo de Ribeirão Preto. Foto: Gazeta PressPato no Corinthians. Foto: Rodrigo Coca/Ag. CorinthiansPato será opção no banco. Paulinho começa o jogo. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansChicão, Pato, Alessandro, Cássio, Danilo Fernandes e Gil no avião que leva a delegação corintiana para Bogotá. Foto: Reprodução/InstagramAlexandre Pato celebra gol da virada do Corinthians. Foto: DJALMA VASSÃO / Gazeta PressDia da Síndrome de Down no Corinthians. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansPoupado por Tite, Pato acompanha jogo com a namorada Barbara Berlusconi. Foto: Djalma Vassão/Gazeta PressA bola passa por Pato dentro da área e o atacante lamenta. Foto: Miguel Schincariol/ Gazeta PressPato comemora o primeiro gol do Corinthians contra o Tijuana. Foto: Miguel Schincariol/ Gazeta PressPato está confiante para duelo contra o Tijuana. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansAlexandre Pato. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansPato é atendido depois de sentir dores no tornozelo. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansO médico e o fisioterapeuta do Corinthians analisam o tornozelo de Pato. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansEdu Dracena tenta parar Alexandre Pato durante o clássico no Morumbi. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansPato parte para cima de Léo durante clássico de Morumbi. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansParceiros de seleção nas Olimpíadas de 2012, Neymar e Pato se reencontraram no clássico entre Santos e Corinthians no Morumbi. Foto: Gazeta PressPato conduz a bola e é acompanhado por Edu Dracena. Foto: Gazeta PressPato posa para foto com Leandrinho, que trata de lesão no Corinthians. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansAlexandre Pato comemora o segundo gol do Corinthians diante do Millonarios. Foto: APAlexandre Pato tenta driblar goleiro do Bragantino. Foto: Gazeta PressPato celebra gol em sua estreia pelo Corinthians. Foto: Gazeta PressAlexandre Pato treina forte para o Paulistão. Foto: Agência CorinthiansPato chegou ao Corinthians nesta temporada. Foto: Gazeta PressAlexandre Pato deixou o estilo adolescente e adotou cabelo mais maduro para jogar no Corinthians. Foto: MontagemFoto de ensaio feito pelo Corinthians com seu mais novo contratado: Alexandre Pato. Foto: Agência CorinthiansEsta foto deixa claro que o Corinthians também vai explorar o lado galã do jogador. Foto: Divulgação/CorinthiansAtacante assinou por quatro anos com o clube. Foto: Divulgação/CorinthiansO atacante vai vestir a camisa 7 do Corinthians. Foto: Divulgação/CorinthiansPato com máscara, que, segundo o clube, identifica os contaminados pela paixão. Foto: Divulgação/CorinthiansAlexandre Pato posa para o site do Corinthians. Foto: Reprodução/Site do CorinthiansAlexandre Pato apareceu para o futebol no Internacional em 2006, aos 17 anos. Foto: Divulgação/Site oficial do InterCom o clube gaúcho, Pato foi campeão do Mundial de Clubes da Fifa em 2006. Foto: AFPAtacante brasileiro chegou ao Milan em 2007. Foto: Getty ImagesMelhor desempenho de Pato no Milan foi na temporada 2008/09, quando fez 18 gols. Foto: AFPAlexandre Pato comemora gol pela seleção. Atacante disputou a Copa América de 2011. Foto: ReutersPato também fez parte da seleção na campanha nas Olimpíadas de Londres, que terminou com a medalha de prata. Foto: Mowa PressPato comemora com o zagueiro Thiago Silva gol do Milan. Foto: AFPPato desperdiça pênalti em jogo do Milan. Foto: Getty ImagesAlexandre Pato fez apenas 25 jogos nas últimas duas temporadas pelo Milan, tendo marcado seis gols. Foto: Getty ImagesMilan aceitou proposta do PSG por Pato no início de 2012, mas atacante não aceitou a transferência. Foto: Reuters

"Quando eu recebo uma crítica, tento saber por que fui criticado. A crítica serve sempre para eu melhorar e evoluir, chegar no jogo e não repetir o erro", completou Pato.

Apesar disso, o camisa 7 também é visto com certa desconfiança pelo técnico Tite. Durante toda a temporada o jogador revezou entre os titulares e o banco de reservas - a ausência de Emerson Sheik e Romarinho, suspensos, permitiu que ele iniciasse o duelo desta quarta no time inicial. Bem fisicamente, ele diz estar preparado para, finalmente, embalar boa sequência dentro de campo.

"Estou bem desde janeiro, então vai depender do professor. Estou ali e quero jogar. Todos querem jogar, ter uma sequência, então vai depender dele (Tite). Se ele quiser, vou estar ali, pronto para dar o meu melhor em campo", concluiu o atleta.

Leia tudo sobre: CorinthiansAlexandre Patocopa do brasiligsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas