Paulo Nobre conta com amor real e que tudo “acabe em pizza” na sua gestão

Por iG São Paulo * |

compartilhe

Tamanho do texto

Presidente do Palmeiras espera que a parte social do clube se apoie na paixão de todos para que a união marque a caminhada para o centenário

Gazeta Press
Paulo Nobre, presidente do Palmeiras

Nesta quarta-feira, o Palmeiras fará seu primeiro jogo com 99 anos de fundação. A esperança de Paulo Nobre não é só de classificação para as quartas de final da Copa do Brasil diante do Atlético-PR. A expectativa do presidente é de que a parte social do clube se apoie na paixão de todos para que a união marque a caminhada para o centenário.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O dirigente apontou que seu sonho é de que "tudo acabe em pizza", mas no sentido positivo pelo qual a expressão já foi usada. "Acabar em pizza não era uma coisa pejorativa, era porque, nos momentos de dificuldade, todas as correntes iam a uma pizzaria e saiam de lá todas unidas", comentou.

De acordo com o mandatário, era comendo pizza juntos que os principais políticos do Palmeiras resolviam suas diferenças para passar por crises. Tudo em nome do amor ao clube, como sentiu Nobre ao reunir diferentes alas de conselheiros no banquete de aniversário do Verdão, na noite de segunda-feira.

"O Palmeiras é maior do que tudo isso. Só me tornei sócio porque existia o futebol no Palmeiras, e a esmagadora maioria das pessoas só está aqui por causa da paixão que vem de dentro do coração pelo Palmeiras. Quando amamos de verdade, o amor fala mais forte", disse o dirigente, há 30 anos presente no clube.

A intenção do mandatário é promover a unidade que julga necessária desde quando ativou definitivamente a sua vida política no Palmeiras, em 1997. "A nossa ideia é de que existam a oposição e as críticas. Que o Palmeiras não seja mais seu maior adversário, mas o seu maior aliado", defendeu.

E é com a profissionalização que a união se tornará sucesso em campo na visão do presidente. "Estamos plantando uma semente de profissionalização do outro lado do balcão, na parte diretiva do clube. E estamos dando outro ritmo e maneira de administrar o clube, e acreditamos que seja a maneira correta de colocar o Palmeiras nos trilhos para seguir uma coisa que está no seu DNA: vencer e disputar títulos", projetou Nobre.

*Com Gazeta

Leia tudo sobre: palmeiras

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas