Clube paulista comemorou 99 anos de fundação e tenta, no Paraná, comemorar avançando na Copa do Brasil

Palmeiras lança camisa especial para comemorar seus 99 anos
Divulgação
Palmeiras lança camisa especial para comemorar seus 99 anos

Em semana comemorativa pelo aniversário de 99 anos de sua fundação, o Palmeiras tenta dar mais um motivo de festa a sua torcida. Após triunfar por 1 a 0 contra o Atlético-PR na última quarta-feira, no Pacaembu, o time paulista vai a Curitiba tentar garantir a vaga nas quartas de final da Copa do Brasil, nesta quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), no Estádio Durival de Britto, e seguir sua caminhada rumo ao tricampeonato da competição nacional, sendo o segundo título consecutivo.

Comente esta notícia com outros torcedores

Por ter triunfado por 1 a 0 no Pacaembu, o Palmeiras entra em campo com a vantagem do empate. Se balançar as redes, o time comandado por Gilson Kleina pode até perder por um gol de diferença. Em caso de vitória por 1 a 0 do Atlético-PR, a decisão será nos pênaltis.

"Precisamos ter postura, saber usar o regulamento. Devemos ter competência para neutralizar os pontos fortes do time deles. Eles contarão com o Paulo Baier, que é um atleta muito experiente e que faz a bola rodar no meio de campo. Sabemos que teremos de competir muito", analisa Kleina.

Já visando o embate em território paranaense, o treinador do Palmeiras optou por poupar alguns titulares na derrota por 1 a 0 contra o Boa Esporte, no último sábado, pelo Campeonato Brasileiro da Série B. Entretanto, o goleiro Fernando Prass, o zagueiro Vilson, o lateral-esquerdo Juninho e o atacante Leandro retornam ao time titular nesta quarta-feira. O volante Wesley, suspenso em Minas Gerais, é outro que volta à equipe.

Com contrato até fim de 2013, Kleina é cauteloso sobre renovação

Por outro lado, Gilson Kleina terá quatro desfalques certos. O meio-campista Jorge Valdivia, ainda em fase de recuperação de um edema na coxa direita, sequer foi relacionado e não entrará em campo pelo quinto jogo seguido . Vinícius (lesão no tornozelo direito), Marcelo Oliveira (fisgada na panturrilha direita) e Ananias (dores musculares na coxa esquerda) também são ausências confirmadas.

"Contamos com jogadores experientes e decisivos. O mais importante é entendermos que devemos competir. Sou de Curitiba, conheço bem as equipes de lá. Precisamos entrar mobilizados, pois é um jogo que temos condição de batalharmos o tempo inteiro por um gol", exalta o técnico.

O Atlético-PR, por sua vez, chega ao confronto embalado por bom momento no Campeonato Brasileiro. No último domingo, atuando em casa, teve grande desempenho, triunfou por 2 a 0 sobre o vice-líder da competição, Botafogo, e assumiu a quarta colocação na tabela de classificação, garantindo momentaneamente vaga na próxima edição da Copa Libertadores.

Além da fase positiva, o time comandado por Vagner Mancini tem outros dois trunfos para conseguir a vira no estádio Durival de Britto: o retorno do meio-campista Paulo Baier e o apoio da torcida. Ausente do primeiro confronto eliminatório, o experiente atleta, de 38 anos, deve aparecer na equipe titular nesta quarta-feira, sendo a grande referência na criação de jogadas.

"Já sabemos que inicia 1 a 0 contra e existe necessidade de aceleramos o jogo, se expor. Não acredito que o Palmeiras atuará ofensivamente como o Botafogo. Não esperem o mesmo jogo. O Atlético conseguiu desenvolver seu jogo contra neste domingo porque tinha espaço. Mas, se achamos que temos um time forte, precisamos superar todos os obstáculos", exalta Mancini.

A arbitragem do confronto será de Ricardo Marques Ribeiro, auxiliado por Altemir Hausmann e Kleber Lucio Gil. O último jogo que o mineiro comandou foi o triunfo do Vitória por 1 a 0 sobre o Coritiba, na última quarta-feira, pela Copa Sul-americana. Já o assistente gaúcho esteve em campo no jogo entre Atlético-PR e Botafogo, neste domingo.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR X PALMEIRAS

Local: Estádio Durival de Britto, em Curitiba (PR)
Data: 28 de agosto de 2013, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Altemir Hausmann (RS) e Kleber Lucio Gil (SC)

PALMEIRAS: Fernando Prass; Luis Felipe, Vilson, Henrique e Juninho; Márcio Araújo, Charles, Wesley e Mendieta; Leandro e Alan Kardec
Técnico: Gilson Kleina

ATLÉTICO-PR: Weverton; Jonas, Manoel, Luiz Alberto e Pedro Botelho; Bruno Silva, João Paulo, Everton e Paulo Baier; Éderson e Dellatorre
Técnico: Vagner Mancini

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.