Atletas estrangeiros comandam a dupla Gre-Nal com muitos gols na temporada

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Gringos foram responsáveis por mais de 40% dos tentos do Internacional neste ano, enquanto o Grêmio tem quase 34% dos seus gols vindos dos atletas não-brasileiros

Já há algum tempo, Grêmio e Internacional vêm apostando todas as suas fichas em jogadores estrangeiros, principalmente os da América do Sul e que atuam no setor ofensivo. E a prática dos rivais gaúchos está dando certo na atual temporada, tanto que os atletas gringos se destacam na dupla Gre-Nal quando o assunto é bola na rede, de acordo com dados do Footstats.

Gazeta Press
Forlán já tem 17 gols na temporada

Na rodada passada do Campeonato Brasileiro, o argentino D'Alessandro marcou pelo Inter no empate diante do Goiás, em Novo Hamburgo. Dias antes, pela Copa do Brasil, os três gols do triunfo contra o Salgueiro, de Pernambuco, foram anotados por estrangeiros: de novo D'Ale, o compatriota Scocco e o uruguaio Forlán.

Nesta temporada, contando Brasileirão, Copa do Brasil e Gauchão, os gringos são responsáveis por 41,5% dos gols do Internacional. Foram 77 tentos até aqui no ano de 2013, sendo que 32 deles foram dos estrangeiros. Forlán tem 17, D'Alessandro já fez 12 gols e Scocco contriubuiu com outros três.

Quais estrangeiros são mais decisivos? Os do Grêmio ou os do Inter? Comente!

Flickr oficial do Grêmio
Barcos tem 10 gols com a camisa do Grêmio

Pelos lados do Grêmio, mesmo sem ter um gringo marcando nas duas últimas partidas da equipe (derrota contra o Santos e vitória diante do Flamengo), a situação é parecida. E o grande destaque da equipe tricolor na temporada é o argentino Hernán Barcos, que anotou dez gols desde que chegou ao clube, incluindo Estadual, Copa do Brasil e Brasileirão.

Os jogadores de fora são responsáveis por 34,3% dos gols gremistas em 2013 - foram 22 de 64 tentos. Além de Barcos, o chileno Vargas marcou seis, o volante paraguaio Riveros já anotou duas vezes, o uruguaio Maxi Rodriguez balaçou a rede uma vez, enquanto o argentino Bertoglio, que já saiu do clube, fez três gols.

E esses números comprovam a importância dos não-brasileiros nos arquirrivais de Porto Alegre em 2012. No ano passado, por exemplo, dos 105 gols do Internacional, apenas 18 foram de gringos - o equivalente a 17,1%. Pelo Grêmio, o percentual foi de 23,8%, com os estrangeiros marcando 30 gols do total de 126 da equipe na temporada 2012.

Leia tudo sobre: GrêmioInternacionalBrasileirãoCopa do BrasilLibertadores

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas