Um triunfo coloca os catarinenses coloca time mineiro na frente do rival e na briga pelo ingresso entre os quatro melhores da Série B

A sequência de três resultados ruins fizeram o América-MG cair para a sétima colocação da Série B com 27 pontos, situação que o Coelho quer mudar nesta terça-feira, iniciando um reação contra o Joinville , às 21h50, no Independência. Um triunfo recoloca o time mineiro na briga para entrar no G4 do Brasileirão, ultrapassando justamente os catarinenses, em um confronto direto pelas primeiras colocações.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O técnico Paulo Comelli terá que fazer mudanças forçadas na equipe para está partida. Pelo menos três desfalques são certos: o zagueiro Jaílton e lateral esquerdo Danilo, receberam o cartão amarelo de número três no empate contra o Atlético-GO e terão que cumprir suspensão, já o volante Doriva sofreu lesão no joelho direito e está fora.

O comandante americano teve pouco tempo para escolher os substitutos, já que o time fez apenas um treino antes do duelo desta terça-feira. Para a zaga a tendência é Vitor Hugo assumir a condição de titular, formando a defesa com Vitor Hugo. Na lateral esquerda, Bryan, que retornou do futebol de Portugal, vai ganhar uma oportunidade. No caso de Doriva a preocupação é menor já que o jogador não é titular absoluto.

O lateral Bryan estava emprestado ao Benfica-POR, retornou ao América-MG, e depois de três meses treinando, vai ganhar a chance de ser titular. "Já estou readaptado ao América-MG, conheço todo mundo aqui e não terá problemas. Espero jogar bem e substituir o Danilo com qualidade", disse.

Assim como o América-MG, o mascote do Joinville também é um Coelho, semelhança que também existe na classificação, já que os dois times tem 27 pontos, com vantagem para o JEC no número de vitórias, são oito contra sete em favor dos catarinenses. O técnico Ricardo Drubscky considera o duelo dos Coelhos como uma disputa direta na Série B e não quer abrir mão de um bom resultado no Horto.

"A dificuldade vai existir, mas temos condições de buscar um bom resultado em um confronto direto", disse o treinador. O armador Wellington Bruno tem opinião semelhante a do treinador, e vê o Joinville em evolução na Série B, apostando em um bom resultado no Independência.

"Estamos em uma crescente na competição, pois evoluímos jogo a jogo. Sabemos que o América-MG é uma grande equipe e faz uma excelente campanha, mas estamos com o pensamento da vitória. Precisamos de mais três pontos fora de casa. Não adianta jogar bonito e não vencer", declarou.

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-MG X JOINVILLE

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 27 de agosto de 2013, terça-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Vinicius Furlan (SP)
Assistentes: Otávio Correia de Araújo Neto (AL) e Lennon Mccartney Farias (AL)

AMÉRICA-MG: Matheus; Leandro Silva, Vitor Hugo, Gualberto e Bryan; Leandro Ferreira, Claudinei, Nikão e Rodriguinho; Marcão e Willians
Técnico: Paulo Comelli

JOINVELLE: Ivan; Eduardo, Diego Jussani, Sandro e Rafinha; Augusto Recife, Carlos Alberto, Wellington Bruno e Marcelo Costa; Edigar Júnio e Lima
Técnico: Ricardo Drubscky

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.