Oswaldo vê pouca criatividade no Botafogo e elogia marcação paranaense

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Técnico do Botafogo lamentou rendimento abaixo do habitual e exaltou atuação adversária

Pela primeira vez no Campeonato Brasileiro, o Botafogo não marcou gols em uma partida. Junto com a marca, veio a terceira derrota na competição, desta vez para o Atlético-PR, por 2 a 0. O técnico Oswaldo de Oliveira não acredita que o ataque deixou de funcionar, mas lamenta os gols que não saíram.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Futura Press
Oswaldo de Oliveira, técnico do Botafogo

"Um dia os atacantes não estão bem, desperdiçam as oportunidades. Não acredito em nada de especial. Jogamos abaixo do que temos jogado normalmente. Normalmente criamos muito mais", avaliou o treinador.

Confira a classificação e a tabela de jogos do Brasileirão

Além de se queixar da falta de gols, Oswaldo também reconheceu a força e organização do Atlético-PR na hora de marcar, o que dificultou as ações botafoguenses.

"Temos que admitir também que o nosso adversário foi muito eficiente no setor defensivo. Eles foram capazes de impor uma marcação que nos dificultou bastante", finalizou.

No meio da semana, o Botafogo volta a jogar, desta vez pela Copa do Brasil. Contra o Atlético-MG, no Independência, a partir das 19h30 (de Brasília), da próxima quarta-feira, o time pode perder por até um gol de diferença que garante a classificação para as quartas de final da competição.

Leia tudo sobre: botafogoatlético-proswaldo de oliveirabrasileirao

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas