Em jogo emocionante, Inter empata pela quinta vez seguida: 3 a 3 com o Goiás

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Time goiano chegou a estar ganhando por 3 a 1, mas vacilou em Novo Hamburgo e cedeu a igualdade aos donos da casa

Em um jogo emocionante no Estádio do Vale, Internacional e Goiás empataram em 3 a 3, em partida válida pela 16ª rodada do Brasileirão. Foi o quinto empate seguido do time gaúcho no campeonato, e o sexto jogo sem vitória do Colorado na competição. D’Alessandro, Dudu Cearense (contra) e Leandro Damião fizeram os gols do time gaúcho, enquanto Renan Oliveira, William Matheus e Ramon marcaram para o Goiás.

Veja como está a classificação atualizada do Campeonato Brasileiro

O Inter foi melhor no primeiro tempo, saiu ganhando em gol de D’Alessandro, mas permitiu o empate do Goiás. Na etapa final, o time esmeraldino surpreendeu e abriu 3 a 1, mas mais uma vez o Colorado reagiu diante da adversidade e buscou o empate. O resultado deixa o Colorado em 8º, com 23. O Goiás sobe a 22, em 10º lugar.

As duas equipes voltam a campo no meio de semana, pela Copa do Brasil: o Inter visita o Salgueiro, quinta, e o Goiás recebe o Fluminense, quarta-feira. Pelo Brasileiro, o time esmeraldino jogará em casa, sábado, contra o Atlético-MG. O Inter jogará no Couto Pereira, contra o Coritiba, domingo.

Edu Andrade/Fatopress/Gazeta Press
Internacional e Goiás empataram em Novo Hamburgo

O jogo
Em um domingo frio e chuvoso, o Estádio do Vale recebeu um público pequeno. O Colorado foi a campo sem o goleiro Muriel, com dores abdominais - seu irmão Alisson atuou. Do lado goiano, o destaque era o reencontro de Walter, Rodrigo e Renan, ex-jogadores do Inter, com o ex-clube.

Logo aos quatro minutos, um lance bisonho, que simbolizava a dificuldade dos dois times com o gramado molhado: Dudu Cearense cobrou escanteio mas a bola parou na poça d’água, não ganhou altura e saiu rasteira pela linha de fundo.

O melhor duelo do primeiro tempo foi entre Forlán e Renan. O uruguaio obrigou o goleiro goiano a duas grandes defesas, aos 10 e 22 minutos. Aos 42, Forlán venceu Renan, mas a bola explodiu no travessão. O Goiás teve duas boas chegadas aos 24: primeiro, um cruzamento despretensioso para a área quase enganou Alisson, que se esticou para evitar o gol. Na jogada seguinte, Walter ganhou pelo alto da zaga rubra e cabeceou na trave.

Aos 27, o gol colorado: D’Alessandro trouxe para dentro com o pé esquerdo, passou por Rodrigo e mandou de canhota no cantinho de Renan, abrindo o placar no Vale. Cinco minutos depois, Ronaldo Alves perdeu grande chance ao cabecear livre um cruzamento de Ednei em cobrança de falta. Quando o Colorado dominava o jogo, veio o empate do Goiás: Walter recuou da área para o meio e lançou Renan Oliveira, que entrou livre na área e empatou o jogo: 1 a 1.

O segundo tempo começou com grave erro de arbitragem: aos seis minutos, Forlán marcou para o Inter, mas a assistente Neuza Inês Back assinalou um impedimento inexistente na origem do lance, o que causou uma anulação incorreta do lance. Animado, o Colorado partiu para a pressão. Aos 13, após um bombardeio contra a área do Goiás, Renan fez grande defesa em tentativa de Fabrício.

O tempo passava, e o Inter cada vez mais se afobava, errando passes e levando menos perigo. Aos 27, o que poucos esperavam: Renan Oliveira ganhou pelo alto da zaga colorado e cabeceou no cantinho. Alisson defendeu com dificuldade, Ramon pegou a sobra e cruzou para William Matheus mandar para o gol vazio, virando o jogo no Estádio do Vale.

Aos 29, o Inter quase chegou ao empate. Caio, que entrara segundos antes no lugar de Forlán, quase marcou em rebote de Renan. Na jogada seguinte, porém, o time goiano ampliou: Ramon recebeu cruzamento preciso de Walter e marcou 3 a 1, de cabeça. Na jogada seguinte, gol do Inter, incendiando a partida: em novo rebote de Renan, após chute de Caio, a bola bateu em Dudu Cearense e entrou: 3 a 2.

Aos 41, um golaço para fechar o jogo com chave de ouro: Leandro Damião recebeu na entrada da área, limpou a marcação e colocou no ângulo, fora do alcance de Renan, empatando novamente a partida. O time gaúcho partiu para a pressão nos minutos finais, mas sem organização, e o resultado acabou ficando no 3 a 3 mesmo.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 3 x 3 GOIÁS

Local: Estádio do Vale, em Novo Hamburgo (RS)
Data: 25 de agosto de 2013, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)
Assistentes: Marcelo Carvalho van Gasse (SP) e Neuza Inês Back (SC)
Cartões amarelos: Ygor (Internacional); Rodrigo (Goiás)

Gols:
INTERNACIONAL: D’Alessandro, aos 27 minutos do primeiro tempo, Dudu Cearense, contra, aos 32 minutos do segundo tempo, e Leandro Damião, aos 41 minutos do segundo tempo
GOIÁS: Renan Oliveira, aos 36 minutos do primeiro tempo, William Matheus, aos 27 minutos do segundo tempo, e Ramon, aos 31 minutos do segundo tempo

INTERNACIONAL: Alisson; Ednei (Scocco), Ronaldo Alves, Juan e Kleber (Alex); Ygor, Jorge Henrique, Fabrício e D’Alessandro; Forlán (Caio) e Leandro Damião
Técnico: Dunga

GOIÁS: Renan; Vítor, Ernando, Rodrigo e William Matheus; David, Dudu Cearense, Renan Oliveira (Juliano), Hugo e Tartá (Ramon); Walter
Técnico: Enderson Moreira  

Leia tudo sobre: internacionalgoiásbrasileirão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas