Meia do Palmeiras nega fama de lento, mas avisa: 'Não sou velocista'

Por Gabriela Chabatura - iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Felipe Menezes, titular neste sábado em Varginha (MG) contra o Boa Esporte, justifica críticas na época em que jogava no Botafogo

Fernando Dantas/Gazeta Press
Felipe Menezes será titular no Palmeiras diante do Boa neste sábado na Série B

Titular neste sábado pela primeira vez desde que chegou ao Palmeiras, Felipe Menezes não concorda com as críticas que recebeu durante o período em que defendeu o Botafogo, nas temporadas de 2011 e 2012. No Rio de Janeiro, o jogador ganhou o rótulo de lento e chegou a ser vaiado pelos torcedores durante algumas partidas. Com pouco tempo para demonstrar serviço no Palmeiras, o meia falou sobre a fama e mandou o seu recado.

O que espera de Felipe Menezes no Palmeiras? Comente com outros leitores

"Acho que nesses três jogos que eu entrei, já deu para o torcedor (do Palmeiras) perceber como é o meu jogo. Essa questão da lentidão, na minha opinião, é que eu não sou um jogador velocista. Mas isso não significa necessariamente que eu sou um jogador lento. Por não ser um jogador velocista, algumas pessoas entendem assim, mas eu acho que com essas oportunidades eu consegui demonstrar um pouco do meu futebol", justificou.

Leia também: Após curtir a chegada da filha, Felipe Menezes volta ser titular depois de cem dias

"No Botafogo, a avaliação que eu faço é que foi uma passagem que eu joguei bastante. O Botafogo é um grande clube e eu fui feliz lá. Infelizmente, eu não pude coroar com títulos o projeto que foi iniciado, mas faz parte. Acho que foi um bom período na minha vida e fui muito feliz no Botafogo", acrescentou ele.

Menezes afirma encarar com naturalidade as opiniões dos torcedores e da própria mídia, mas também faz questão de se cobrar.

Veja a tabela e a classificação da Série B do Brasileirão

"No futebol você tem de estar provando sempre. Há um julgamento em nosso futebol, toda quarta e domingo quando tem jogo. No Sport, eu não consegui jogar tudo aquilo que eu esperava, não consegui jogar o que eu queria e, mesmo não indo tão bem no Sport, o Palmeiras me abriu as portas e me deu essa chance para eu dar essa retomada em minha carreira. Eu vivo essa expectativa agora", encerrou.

O Palmeiras joga às 16h20 (horário de Brasília), contra o Boa Esporte, em partida válida pela 17ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Leia tudo sobre: PalmeirasBotafogoSérie BBoa Esporte

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas