Gaúchos estão no G4 da competição com 25 pontos, seis a mais do que os cariocas, que aparecem na parte intermediária da tabela

Flamengo vem de empate sem gols com o São Paulo no Brasileirão
Alex Farias/Photopress/Gazeta Press
Flamengo vem de empate sem gols com o São Paulo no Brasileirão

Derrotados no meio de semana na Copa do Brasil e precisando inverter a situação para evitar uma eliminação, Flamengo e Grêmio mudam o foco neste sábado. As equipes se enfrentam a partir das 18h30 (de Brasília), no Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF), pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro . Os clubes fazem campanhas bem distintas na competição. Os gaúchos aparecem entre os quatro primeiros com 25 pontos, seis a mais que os cariocas, que estão na parte intermediária da tabela.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O Flamengo perdeu por 2 a 1 para o Cruzeiro, em Belo Horizonte (MG), enquanto o Grêmio caiu por 1 a 0 diante do Santos, na Baixada Santista. Porém, os dois adotaram um discurso de otimismo.

"O Flamengo teve um mau resultado no meio de semana, mas isso faz parte do passado, pois estamos totalmente focados na conquista de um bom resultado contra o Grêmio. O Campeonato Brasileiro também está entre as nossas prioridades e não podemos deixar essa competição de lado", afirmou o meia Gabriel.

Em termos de escalação, o principal problema no Flamengo está na lateral direita. Leonardo Moura segue vetado por conta de uma lesão na coxa direita, enquanto que o volante Luiz Antonio, que vinha sendo improvisado no setor, foi advertido com o terceiro cartão amarelo no empate sem gols com o São Paulo, na rodada passada, e terá que cumprir suspensão. Assim, o técnico Mano Menezes poderá escalar o jovem Digão, único atleta do setor disponível, mas muito novo, pois foi recentemente promovido das categorias de base. A outra possibilidade é improvisar novamente, dessa vez com o atacante Paulinho. No ataque, a diretoria pagará a multa para escalar Marcelo Moreno, que ainda tem seus direitos federativos ligados ao Grêmio e está apenas emprestado ao Flamengo.

Grêmio, de Kléber, está no G4 do Brasileirão
Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Grêmio, de Kléber, está no G4 do Brasileirão

Apesar da derrota para o Santos, o Grêmio deve manter em Brasília o esquema 3-5-2 que vem funcionando no Brasileirão. "Se a cada derrota a gente for mudar, até o fim do campeonato teríamos uns 800 esquemas", brincou o técnico Renato Gaúcho, após a partida na Vila Belmiro.

O treinador gremista deve repetir mais uma vez a escalação que bateu o Vasco, em São Januário, no sábado passado. Zé Roberto, Vargas e Adriano foram liberados pelo departamento médico do clube nesta quinta-feira, mas não viajarão até Brasília. Todos devem ser preparados fisicamente para estarem aptos a jogar a partida da próxima quarta, contra o Santos, na Arena.

Se na Copa do Brasil o Grêmio está em desvantagem, no Brasileirão a fase é muito boa. A equipe vem de três vitórias consecutivas, duas delas fora de casa (contra Bahia e Vasco) e uma na Arena (contra o Cruzeiro). Com 25 pontos, subiu nove posições nas últimas três rodadas, ocupando a 3ª colocação no certame.

Mesmo na derrota para o Santos, Renato Gaúcho gostou da atuação de seu time. "Fomos castigados, pois hoje a bola infelizmente não quis entrar. Tivemos todas as chances do mundo para ganhar. A bola pune. Tivemos oportunidade, mas não era o nosso dia, e o Santos soube aproveitar as chances que teve. Classifico os gols perdidos hoje como um acidente de trabalho. Mas gostei da equipe, que lutou, brigou e teve chances claras de gol", explicou o técnico.

FICHA TÉCNICA -  FLAMENGO X GRÊMIO
Local: Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF) 
Data: 24 de agosto de 2013 (Sábado) 
Horário: 18h30(de Brasília) 
Árbitro: Paulo Henrique Godoy Bezerra (SC) 
Assistentes: Carlos Augusto Nogueira Junior (SP) e Ivan Carlos Bohn (PR)

FLAMENGO: Felipe, Digão (Paulinho), Chicão, Marcos González e João Paulo; Victor Cáceres, Elias, André Santos e Gabriel; Nixon e Marcelo Moreno
Técnico: Mano Menezes

GRÊMIO: Dida, Werley, Rhodolfo e Bressan; Pará, Souza, Ramiro, Riveros e Alex Telles; Kleber e Barcos
Técnico: Renato Gaúcho

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.