Bruno critica maneira como Palmeiras sofreu gol: "Muito besta"

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Goleiro substituiu Fernando Prass neste sábado e viu a invencibilidade de 12 jogos cair na Série B

Gazeta Press
Bruno, goleiro do Palmeiras

Substituto do poupado Fernando Prass, Bruno foi o goleiro do Palmeiras na tarde deste sábado, dia em que o time perdeu por 1 a 0 para o Boa e viu cair uma invencibilidade que já durava 12 partidas na Série B do Campeonato Brasileiro. Derrota que, na opinião do reserva, foi resultado de uma desatenção besta.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

"Tomamos um gol muito besta, que de maneira alguma poderíamos ter tomado", disse o jogador, que, como de costume, não poupou seus companheiros de reclamação logo que a bola cabeceada pelo atacante Fernando Karanga tocou a rede, ainda aos dois minutos.

Confira a classificação e tabela da Série B

O gol boveta teve origem em escanteio cobrado pelo veterano Marcelinho Paraíba pelo lado esquerdo. A bola chegou à primeira trave e passou entre o lateral direito Luis Felipe e o atacante Alan Kardec antes de chegar a Karanga, na pequena área. Bruno caiu para o canto direito, enquanto ela entrava do lado oposto.

Diferentemente de outras quatro oportunidades em que saiu atrás e conseguiu a vitória, desta vez a equipe treinada por Gilson Kleina penou para furar a marcação do Boa, em especial antes do intervalo. No segundo tempo, embora tenha dominado as ações, pouco levou perigo.

"A gente sabia que não poderia ficar saindo atrás sempre, que uma hora não iríamos conseguir virar. Tínhamos uma gordura, mas não queríamos ter perdido o jogo, principalmente da maneira que foi", lamentou Bruno.

Fernandinho vê falta de ritmo e desatenção

Fernandinho foi acionado por Gilson Kleina diante do Boa, mas não se sentiu à vontade na partida. "Faltou ritmo. Não é desculpa, mas, com certeza, isso me prejudicou. Não estou dando desculpa", repetiu o lateral esquerdo, que substituiu o titular Juninho em Varginha.

O camisa 16 esteve perto de deixar o clube na metade da temporada, mas acabou estendendo contrato até o fim de dezembro. Depois disso, houve um hiato de quase um mês, entre julho e agosto, sem ter sido relacionado - voltou a ser convocado quatro rodadas atrás, para duelo com o Joinville.

"No segundo tempo, a gente mandou no jogo. Infelizmente, nós entramos desatentos e tomamos um gol de bola parada. Foi uma desatenção nossa. Agora temos que trabalhar e pensar no jogo de quarta-feira", opinou Fernandinho, referindo-se à partida de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, diante do Atlético-PR.

Charles recebe terceiro amarelo e vira desfalque

O volante Charles está fora da próxima partida do Palmeiras na Série B do Campeonato Brasileiro - contra o Ceará, no sábado que vem, em Fortaleza. Ele será desfalque por ter recebido o terceiro cartão amarelo ao longo da derrota de sábado. 

Apesar do tropeço, o Palmeiras ainda lidera a competição com folga. Tem 40 pontos contra 36 do segundo colocado, a Chapecoense, que foi derrotada pelo Bragantino no mesmo horário. O quinto colocado é o próprio Boa, com 11 pontos abaixo do topo.

O próximo compromisso palmeirense na Série B será daqui a uma semana, frente ao Ceará, em Fortaleza. Antes disso, joga na quarta-feira, contra o Atlético-PR, também fora de casa, na Copa do Brasil. 

Leia tudo sobre: brunopalmeirasigspsérie b

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas