Derrota não abala confiança atleticana em classificação no Horto

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Após perder por 4 a 2 para o Botafogo, time mineiro confia em repetir final e semifinal da Libertadores, quando reverteu situações semelhantes

O Atlético-MG estreou com o pé esquerdo na Copa do Brasil. Com uma exibição muito ruim no segundo tempo, o time permitiu ao Botafogo virar o placar de 1 a 0 para os atleticanos para uma goleada de 4 a 2, que torna a missão dos mineiros de avançar na competição nacional muito difícil. Essa é a opinião do zagueiro Réver, que mesmo diante da dificuldade ainda acredita nos alvinegros.

Mesmo sem Seedorf, Botafogo bate o Atlético-MG e abre vantagem nas oitavas

"Acabamos cometendo alguns erros individuais que interferiram no resultado, agora é pensar no jogo de volta. Temos condições. Esse gol no finalzinho deu um pouco de esperança, claro que será difícil, mas sabemos da nossa força no Independência e vamos tentar a classificação", afirmou.

Sem a ‘estrela’ Seedorf, botafoguenses destacam força do elenco em vitória

O craque Ronaldinho Gaúcho lembrou que o Atlético-MG marcou dois gols fora de casa, que segundo ele será importante para o Galo decidir a classificação no Horto. O jogador disse ainda que confia na vaga atleticana, e pede a volta do "eu acredito" grito que embalou a conquista da Libertadores. Por fim, R10 não considerou o resultado de 4 a 2 muito ruim para os mineiros.

"O gol fora de casa vale dois e vamos para casa bem tranquilos. De acordo com o regulamento o gol fora de casa é muito importante, então não foi de todo mal. Vai ter que ser mais uma vez no eu acredito. A gente apreendeu a jogar este tipo de competição e não voltamos para casa em situação ruim", declarou.

Leia tudo sobre: Atlético-MGBotafogocopa do brasil

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas