Com gol de Samuel e pênalti defendido, Fluminense vence Goiás no Maracanã

Por iG São Paulo * |

compartilhe

Tamanho do texto

Ao pegar cobrança de Walter, Diego Cavalieri tem participação decisiva na vitória por 1 a 0 do time carioca, no jogo de ida pelas oitavas de final da Copa do Brasil

WAGNER MEIER/ Agif/Gazeta Press
Jogadores do Fluminense comemoram gol contra o Goiás

Com um gol marcado por Samuel no primeiro tempo, o Fluminense derrotou o Goiás por 1 a 0 nesta quarta-feira, no Maracanã, pelas oitavas-de-final da Copa do Brasil. O resultado positivo, que deixa a equipe mais próxima da classificação, contou com participação decisiva também do goleiro Diego Cavalieri, que defendeu um pênalti cobrado por Walter no início do segundo tempo.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O time dirigido por Vanderlei Luxemburgo utilizou um esquema por três zagueiros e encontrou muita dificuldade para superar a equipe goiana, mas soube aproveitar a oportunidade para definir o resultado. 

Os dois times voltarão a se enfrentar na próxima semana no Serra Dourada. O Fluminense só precisa de um empate para garantir a vaga na próxima fase. O Goiás vai precisar vencer por dois gols de diferença para seguir na competição.

O jogo

A partida começou muito lenta, com os dois times trocando passes,no meio campo, sem qualquer profundidade. Só aos sete minutos aconteceu o primeiro lance de perigo quando Fred empurrou Hugo nas proximidades da área tricolor. O chute de Rodrigo não levou qualquer perigo, ao gol defendido por Diego Cavalieri.

Com um novo esquema tático, com três zagueiros, o Fluminense tentava se organizar em campo, mas encontrava dificuldades para superar a marcação cerrada da equipe goiana. A equipe visitante ficava mais tempo com a bola, o que passou a irritar a torcida tricolor que ensaiou as primeiras vaias.

Só aos 15 minutos, o time carioca criou sua primeira jogada de ataque. Com passes rápidos, o Tricolor penetrou na defesa goiana e Carlinhos chutou cruzado, obrigando Renan a espalmar para escanteio, na primeira defesa difícil do goleiro do Goiás.

O lance animou a equipe dirigida por Vanderlei Luxemburgo que passou a tentar atuar com mais velocidade, mas seguiu errando passes e facilitando a tarefa do adversário. Aos 26 minutos, o lateral-esquerdo Carlinhos, a melhor opção ofensiva da equipe carioca, foi ao fundo de campo e cruzou na cabeça de Fred. O artilheiro tentou colocar no ângulo, mas a bola se chocou com o travessão, na melhor chance de gol da partida.

O Goiás respondeu aos 29 minutos. Após recuperar a bola na intermediária, Renan Oliveira lançou Walter que avançou e chutou rasteiro. Diego Cavalieri se esticou todo e espalmou para escanteio. A partida ficou mais movimentada e aos 32 minutos, Fred recebeu na frente de Rodrigo, mas o goleiro Renan saiu e ficou com a bola, mas o atacante tricolor ficou reclamando do árbitro, alegando que teria sido tocado pelo zagueiro.

Aos 41 minutos, Renan Oliveira fez jogada individual pela esquerda e arriscou o chute para defesa fácil de Diego Cavalieri, quando os atacantes goianos esperavam o passe. Aos 42 minutos, o Fluminense marcou o primeiro gol. Carlinhos fez outra boa jogada pela esquerda e cruzou. O goleiro Renan socou a bola, a defesa goiana se atrapalhou e a bola acabou com Fred que tentou a conclusão. A bola bateu em Rodrigo e sobrou para Igor Julião que cruzou para Samuel, livre, chutar, de primeira, para marcar. Foi o terceiro gol seguido do atacante nas duas últimas partidas.

O Goiás voltou para o segundo tempo com uma postura mais ofensiva, tentando marcar a saída de bola para impedir que o Fluminense trocasse passes com liberdade. Aos cinco minutos, Renan Oliveira foi lançado pela esquerda, ganhou a dividida com o goleiro Diego Cavalieri que saiu para fechar o ângulo, e chutou para o gol, mas o zagueiro Gum desviou com a mão. Pênalti que Walter cobrou com chute forte no meio do gol e Diego Cavalieri fez grande defesa, evitando que o Goiás chegasse ao empate.

O Fluminense seguia atacando com Carlinhos, a melhor opção ofensiva da equipe. Aos dez minutos, o lateral cruzou da esquerda e complicou a vida do goleiro Renan que hesitou e quase permitiu que a bola entrasse. Na cobrança do escanteio, Renan errou outra vez e Carlinhos quase marcou, de cabeça, mas a bola acabou saindo.

O Fluminense continuava melhor e quase ampliou aos 16 minutos, quando o volante Jean fez boa jogada individual, mas foi desarmado por Vítor quando estava pronto para fuzilar o goleiro Renan. Vanderlei Luxemburgo colocou o meia Deco que voltou a jogar, após mais um período de inatividade, provocado por lesão muscular.

O Goiás se lançou para o ataque, mas a defesa tricolor soube resistir às investidas do adversário. Sem poder de penetração, o Goiás arriscava chutes de longe como aconteceu aos 33 minutos, quando Dudu Cearense bateu e Diego Cavalieri defendeu com segurança. Um minuto depois foi a vez de Walter tentar, de longe, para outra defesa de Cavalieri que se atrapalhou, mas conseguiu segurar a bola.

Nos minutos finais, o Fluminense se preocupou apenas em administrar o resultado. E o Goiás quase chegou ao empate, aos 45 minutos, quando Walter desviou cruzamento e Diego Cavalieri fez grande defesa, garantindo a vitória do Fluminense.

FICHA TÉCNICA - FLUMINENSE 1 X 0 GOIÁS
Local:
Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 21 de agosto de 2013 (Quarta-feira)
Horário: 21h50(de Brasília)
Árbitro: Marcos André Gomes da Penha (ES)
Assistentes: Rogério Pablos Zanardo (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)
Cartão Amarelo: Jean, Gum, Diguinho (Fluminense); Walter, Dudu Cearense(Goiás)

Gol
FLUMINENSE: Samuel aos 42 minutos do primeiro tempo

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Gum, Leandro Euzébio e Edinho; Igor Julião, Jean, William (Diguinho), Felipe (Deco) e Carlinhos; Samuel (Marcos Junior) e Fred
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

GOIÁS: Renan, Vítor, Rodrigo, Ernando e William Matheus; Dudu Cearense (Neto Baiano), David, Hugo, Renan Oliveira e Hugo (Ramon); Welinton Júnior (Sasha) e Walter
Técnico: Enderson Moreira

*Com Gazeta

Leia tudo sobre: FluminenseGoiásCopa do Brasil

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas