Vitória e Coritiba começam disputa por vaga na fase internacional

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Equipes tentam se reabilitar no Brasileirão e usam duelo na Sul-Americana como motivação

Felipe Oliveira
Caio Júnior, técnico do Vitória

O Coritiba faz sua estreia na Copa Sul-Americana nesta quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), diante do Vitória, no Barradão, em Salvador. O time baiano, que joga em casa, vem de uma goleada sofrida diante do Cruzeiro e quer se reabilitar diante do torcedor para não começar a perder o foco para o restante da temporada.

Comente esta notícia com outros torcedores

Para a partida, o técnico Caio Junior vai poupar alguns jogadores e não relacionou Renato Cajá e Vander. O goleiro Wilson, com um edema na coxa, foi convocado, e, se melhorar a tempo, será titular, assim como o zagueiro Victor Ramos, que está suspenso para a próxima rodada da Série A.

O Coritiba tenta esquecer um pouco o Campeonato Brasileiro, pelo qual perdeu seu lugar no G4 após uma partida polêmica contra o Corinthians, no final de semana. Entretanto, mesmo não priorizando a competição internacional, a comissão técnica sabe que uma vitória pode trazer de volta a motivação para reagir no Brasileirão.

Divulgação/Site oficial do Coritiba
Marquinhos Santos, técnico do Coritiba

O técnico Marquinhos Santos já definiu que irá poupar pelo menos três atletas para evitar um desgaste físico maior nessa maratona de jogos. O zagueiro Chico, o lateral direito Victor Ferraz e o lateral-esquerdo Diogo não foram sequer relacionados. O meia Robinho e o volante Júnior Urso, que também apresentam desgaste, serão avaliados, mas a princípio pelo número grande de desfalques, devem pelo menos ficar como opções.

"São atletas que participaram de grande parte das partidas do Brasileiro, e que ficam aqui em treinamentos que englobam além da recuperação, uma preparação direcionada para o jogo de sábado", afirmou o preparador físico Glydiston Ananias, já projetando o duelo diante do Criciuma.

Alex, Deivid, Lincoln, Geraldo, Sérgio Manoel e Leandro Almeida seguem em recuperação no departamento médico, todos sem previsão de retorno. Em compensação, o meia Vitor Júnior, com a documentação regularizada junto à CBF, pode fazer sua estreia com a camisa coxa-branca e começar a buscar um espaço na equipe.

O jogador, aliás, já entrou no espírito da equipe e elogia o grupo, independentemente de quem entrar em campo. "Nosso grupo provou nas dificuldades, até mesmo no último jogo que mesmo com ausências pode fazer grandes jogos com qualquer equipe. A Sul-americana é um torneio diferente, em que a gente precisa entrar muito focado, sabendo da estratégia da competição e que a classificação é conquistada em dois jogos", concluiu.

Leia tudo sobre: coritibavitoriasul-americana

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas