Sonhando com Libertadores, Flu inicia campanha contra Goiás no Maracanã

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Equipe carioca decidiu priorizar Copa do Brasil para tentar chegar mais facilmente à próxima edição da competição continental

Divulgação
Fluminense vem de vitória fora de casa sobre o Náutico pelo Brasileirão

O Fluminense recebe o Goiás nesta quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), no Maracanã, no Rio de Janeiro, pelo confronto de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. O time carioca entrou diretamente nesta etapa do torneio por ter disputado no primeiro semestre a Copa Libertadores. Já os goianos já passaram por três fases, despachando Oratório-AP, Santo André e ABC.

Acha que o Fluminense passa pelo Goiás na Copa do Brasil? Comente

As duas equipes chegam para este confronto embaladas por bons resultados no fim de semana pelo Campeonato Brasileiro, quando ganharam seus jogos por 1 a 0 fora de casa. O Fluminense superou o Náutico em Pernambuco, enquanto que o Goiás detonou a Ponte Preta no interior paulista.

Sobre a partida desta quarta-feira, Vanderlei Luxemburgo, técnico do Fluminense, pretende ver seus comandados reagindo bem ao que foi trabalhado. Para ele é importante colocar em prática o plano de vencer sem sofrer gols.

"A Copa do Brasil é uma competição que não tem muito segredo para quem pretende conseguir ir avançando de fase. Precisamos ganhar em casa, sem sofrer gols, para termos tranquilidade como visitantes. Portanto, como vamos fazer o primeiro jogo no Maracanã contra o Goiás, temos que não pensar na possibilidade de sermos vazados", disse.

Na visão do volante Jean, o apoio da torcida vai ser muito importante. "Nessas competições de mata-mata a torcida costuma fazer toda a diferença, pois os jogos sempre têm um certo caráter decisivo. Se você vai mal em uma partida praticamente compromete o futuro na competição. A Copa do Brasil é um atalho para a Libertadores, além de ser um título que ajuda muito no currículo de qualquer jogador. Portanto, vencê-la é muito importante", explicou.

O Fluminense terá retornos importantes para este jogo. O zagueiro Gum e o volante Edinho, que cumpriram suspensão na vitória sobre o Náutico, reaparecem nas vagas de Anderson e Willian, respectivamente. Preservado em Pernambuco, Felipe volta a ser o maesto do meio-de-campo, com Kenedy ficando como opção no banco.

Pelo lado do Goiás a estratégia está em jogar o favoritismo nas costas do Fluminense, para que o adversário, assim, se sinta pressionado pela necessidade de vitória. "Se tiver um favorito na partida desta quarta-feira e até mesmo para a classificação, com certeza é o Fluminense, pois tem elenco maior, mais peças de reposição e condições de brigar em duas frentes. Mas futebol se decide em campo e podemos muito bem conseguir um grande resultado no Rio de Janeiro", disse o lateral direito Vítor.

Para o compromisso diante do Fluminense, o técnico Enderson Moreira não sabe se poderá contar com o volante Amaral, com dores na coxa direita. Caso ele seja vetado, David, que retornaria de suspensão herda o posto, com Dudu Cearense, que voltaria ao banco de reservas, permanecendo entre os titulares.

FICHA TÉCNICA - FLUMINENSE X GOIÁS

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 21 de agosto de 2013 (Quarta-feira)
Horário: 21h50(de Brasília)
Árbitro: Marcos André Gomes da Penha (ES)
Assistentes:Rogério Pablos Zanardo (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Igor Julião, Gum, Leandro Euzébio e Carlinhos; Edinho, Jean, Diguinho e Felipe; Rafael Sobis e Fred
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

GOIÁS: Renan, Vítor, Rodrigo, Ernando e William Matheus; Amaral (Dudu Cearense), David, Hugo, Renan Oliveira e Tartá; Walter
Técnico: Enderson Moreira

Leia tudo sobre: FluminenseGoiásmaracanãcopa do brasillibertadoresgenet

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas