Lewandowski recebe aumento salarial e segue no Borussia Dortmund

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

De acordo com imprensa local, acerto foi confirmado depois de clube oferecer aumento de 3,5 milhões de euros (R$ 11,2 milhões) no salário anual do atleta

AP
Lewandowski recebeu aumento de 3,5 milhões de euros anuais

Robert Lewandowski colocou nesta quarta-feira um ponto final na novela sobre a sua permanência no Borussia Dortmund - com desfecho positivo para a equipe alemã. Em entrevista ao Sports Bild, o centroavante polonês confirmou que permanecerá em seu atual time.

"Vou ficar no Borussia por mais um ano. Corrigimos tudo o que foi preciso", disse Lewandoviski.

De acordo com a imprensa local, o acerto só foi confirmado depois de o clube oferecer um aumento de 3,5 milhões de euros (R$ 11,2 milhões) no salário anual do atleta. Mesmo assim, a duração do vínculo, que vai até o final desta temporada, não foi alterada.

"Alguns erros foram cometidos, mas os superamos. Eu achava que teria permissão para sair. O clube decidiu que eu ficaria. Fiquei muito decepcionado e irritado nos últimos meses, mas tudo já foi esclarecido. Eu sempre quis honrar o meu contrato", afirmou.

Lewandowski tem sido um dos principais destaques do Borussia desde que foi contratado pelo clube, em 2010. Nesse período, a equipe venceu duas vezes o Campeonato Alemão e foi vice da Liga dos Campeões da Europa na última temporada. O atacante chegou a marcar quatro gols no Real Madrid durante a semifinal do torneio, por 4 a 1.

Desde o fim da competição continental, Lewandowski externou diversas vezes seu desejo de deixar o Borussia Dortmund. Com o aumento salarial revelado nesta quarta-feira, chegaram ao fim as especulações sobre a transferência do atacante para Bayern de Munique, Real Madrid e Manchester United - pelo menos até a próxima temporada.

Leia tudo sobre: borussia dortmundalemanhafutebol mundial

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas