Meia é incumbido da armação da equipe no 4-2-3-1 testado novamente nesta quarta-feira pelo comandante do São Paulo

O técnico Paulo Autuori deu indícios nos últimos dias de que armará o São Paulo no esquema 4-2-3-1, o preferido do antecessor Ney Franco. Nesta quarta-feira, o comandate repetiu a formação tática e usou Ganso entre os titulares, o que deve ser mantido para o jogo do próximo domingo contra o Fluminense, no Morumbi.

Confira classificação, tabela de jogos e artilharia do Campeonato Brasileiro

Na nova formação, Ganso seria o único armador, com dois pontas abertos. Jadson tem posição garantida pelo lado direito, equanto Lucas Evangelista e Osvaldo disputam a vaga na esquerda. Luis Fabiano, recuperado de lesão, pode retomar a posição de Aloísio no comando de ataque.

Leia mais:  CBF ignora regulamento e marca quatro jogos do São Paulo em oito dias

Ganso comemora gol marcado pelo São Paulo contra o Kashima Antlers
Toru Hanai/REUTERS/Newscom
Ganso comemora gol marcado pelo São Paulo contra o Kashima Antlers

"Está sendo uma semana muito boa. Ele (Autuori) precisava disso para poder ajustar a equipe de vez com treinamentos, o que ele sabe fazer de melhor. Está sendo muito intenso, com muita vontade de todos", disse Ganso.

A falta de tempo para treinar era uma reclamação do treinador. Ganso também vê vantagens em passar uma semana apenas treinando. "Você fica com raciocínio mais rápido, com muito mais intensidade, e aprimora a marcação. Tem que abafar para não dar espaço ao adversário", analisou.

Sobre o esquema tático, Ganso prefere não opinar. "O bom é o que vence sempre. O esquema é você montar um elenco, olhar os jogadores que tem para cada posição e saber a função que melhor podem exercer dentro de campo", afirmou. "Só falta o time vencer".

E vencer tem sido missão difícil para o time no Campeonato Brasileiro. O último triunfo foi em 29 de maio, na goleada por 5 a 1 sobre o Vasco, no Morumbi. De lá para cá, foram 12 partidas seguidas sem vitória, o que levou a equipe ao penúltimo lugar.

*com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.