Villas-Boas revela silêncio de Bale e diz que ninguém sabe seu estado de ânimo

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

O presidente do clube Tottenham, Daniel Levy, insiste que não negociará o jogador, e já recusou propostas feitas pelo Real Madrid, principal interessado em contar com o atleta

Reuters
Gareth Bale, jogador do Tottenham

A possível declaração de Bale, dando conta de que não defenderia mais o Tottenham, reproduzida pelo jornal inglês The Sun, ganhou mais indícios de veracidade nesta sexta-feira. Em entrevista ao canal ESPN, o técnico dos Spurs, André Villas-Boas, afirmou que o jogador adotou o silêncio nos últimos dias.

Cortado de jogo da seleção, Bale diz: "Não jogo mais no Tottenham"

"Ninguém sabe qual é o estado de ânimo de Gareth, porque ele não fala. A única coisa que vemos é o jogador chegando e deixando o campo de treinamento. Mas ele está bem", declarou Villas-Boas.

Apesar da declarada vontade de Bale em deixar o Tottenham, o técnico português ainda acredita na permanência de seu principal jogador. "O ideal para nós é que ele fique aqui. Aqui é onde está o seu futuro".

Segundo Villas-Boas, Bale ficará fora da equipe pelo menos nas próximas três partidas: contra Crystal Palace e Swansea, pelo Campeonato Inglês, e diante do Tbilsi, pela Liga Europa."Ele está muito longe do resto (do elenco) no que diz respeito à forma física. Não joga desde o primeiro amistoso e a pré-temporada passou sem que ele estivesse envolvido", declarou o treinador.

Agente Fifa diz que Real acertou a contratação de Bale por R$ 254 milhões

O presidente do clube londrino, Daniel Levy, insiste que não negociará o jogador, e já recusou propostas feitas pelo Real Madrid, principal interessado em contar com Bale.

"(O Tottenham) é muito claro quanto ao desejo de manter o jogador, mas obviamente pode acontecer qualquer coisa no futebol", disse Villas-Boas, que ainda mandou um recado aos dirigentes do Real. "O interesse deles não quer dizer que necessariamente tenhamos de negociar o Bale".

Leia tudo sobre: gareth baletottenhamreal madridinglaterraespanhafutebol mundial

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas